Kim Kardashian recebe pedido de desculpas de assaltante

Redação - O Estado de S.Paulo

A socialite foi mantida refém e teve dez milhões de euros em joias roubados em Paris no ano passado

Kim não acreditou no pedido de desculpas

Kim não acreditou no pedido de desculpas Foto: Mario Anzuoni / Reuters

Kim Kardashian recebeu uma carta com pedido de desculpas do mandante do assalto que sofreu em Paris um ano atrás. Em outubro de 2016, ela foi mantida refém na capital francesa e teve dez milhões de euros em joias roubados.

O portal TMZ informou que a equipe de advogados de Kim na França recebeu a carta de Aomar Ait Khedache, acusado de arquitetar o crime. Eles traduziram o pedido de desculpas para o inglês e entregaram à socialite.

“Após ver sua emoção e perceber os danos psicológicos que causei, decidi lhe escrever, não para obter de você algum tipo de indulgência”, parte da carta diz. “Eu quero chegar até você como um ser humano para lhe dizer o quanto eu me arrependo de minha atitude e o quanto eu fiquei comovido de vê-la às lágrimas”.

Kim Kardashian falou sobre o episódio em vários programas de televisão e chegou a dizer que sentiu medo de ser estuprada. Fontes ligadas a Kim contaram ao TMZ que ela achou as palavras do criminoso “vazias” e que, para ela, Aomar estaria, apenas, tentando mostrar remorso antes do julgamento.