Kardashians vencem processo de difamação movido por Blac Chyna

Sabrina Legramandi* - O Estado de S.Paulo

A modelo é ex-noiva de Rob Kardashian e culpava a família pelo cancelamento da série 'Rob & Chyna'; processo envolve mais de 500 milhões de reais

Família Kardashian vence processo de difamação movido pela modelo Blac Chyna que envolvia o cancelamento da série 'Rob & Chyna'.

Família Kardashian vence processo de difamação movido pela modelo Blac Chyna que envolvia o cancelamento da série 'Rob & Chyna'. Foto: Instagram/@kardashians e Eric Gaillard/REUTERS

Nesta segunda-feira, 2, as Kardashians ganharam um motivo para comemorar enquanto estavam no tapete vermelho do Met Gala. Isso porque a família venceu um processo de difamação movido desde 2017 pela modelo e influenciadora Blac Chyna que envolvia 100 milhões de dólares – o equivalente a mais de 500 milhões de reais na cotação atual.

As informações são da revista estadunidense Variety. Blac era ex-noiva de Rob Kardashian, irmão mais novo da família, e acusava as Kardashians de terem convencido o canal E! a cancelar o reality show Rob & Chyna, que focava na vida do casal. Os dois são pais de Dream, de 5 anos.

Rob & Chyna foi ao ar em 2016 e durou apenas uma temporada. A modelo alegou que a família fez uma acusação falsa aos produtores, dizendo que ela havia atacado Rob violentamente em dezembro do mesmo ano.

Conforme a Variety, porém, durante o julgamento, tanto as Kardashians quanto os responsáveis pela série disseram que o programa nunca havia sido renovado para uma segunda temporada. Além disso, eles também alegaram que não havia como o reality continuar, já que o casal havia terminado.

No processo, além da alegação de difamação que envolve o cancelamento da série, Chyna também diz que Rob era abusivo. De acordo com a revista, as acusações de "difamação, agressão, violência doméstica e interferência em possíveis relações econômicas" focam em toda a família.

Contudo, no mesmo ano em que o processo foi aberto, as Kardashians chegaram a abrir outro contra a influenciadora e com a acusação de que era ela quem era abusiva contra o irmão.

Rob acusa a ex-noiva de enforcá-lo com um cabo de celular, apontar uma arma para a cabeça dele e acertá-lo com um cabo de metal durante uma briga em dezembro de 2016. Durante o depoimento que envolvia o processo, o irmão mais novo disse que Chyna estaria sob efeito de drogas.

Segundo a Variety, as Kardashians entraram com um pedido para que o juiz rejeitasse todas as acusações da modelo. O responsável pelo processo rejeitou uma ação movida contra Kim Kardashian por falta de provas, mas ainda há algumas para serem deliberadas.

Kim, Kris Jenner, Khloe Kardashian e Kylie Jenner ainda enfrentarão outras acusações de interferência em contrato e Kris, Khloé e Kylie também serão julgadas por outras de difamação.

 

*Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais