Kanye West se reúne com Trump e diz que o faz sentir 'como Super-Homem'

EFE - O Estado de S.Paulo

'Trump está em sua viagem de herói agora mesmo', disse o rapper durante um longo e confuso monólogo

Kanye West mostra para Trump a foto de um avião durante encontro no Salão Oval da Casa Branca, em Washington

Kanye West mostra para Trump a foto de um avião durante encontro no Salão Oval da Casa Branca, em Washington Foto: Gabriella Demczuk/The New York Times

O rapper Kanye West se reuniu nesta quinta-feira, 11, com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e fez um longo e confuso monólogo no qual descreveu ao mandatário como "um herói" que o faz sentir "como Super-Homem" com sua capa quando ele está usando o seu boné vermelho, popularizado pelos seguidores de Trump.

"Trump está em sua viagem de herói agora mesmo. Acho que ele não pensava que teria (ao seu lado) um p*** louco como eu", disse West no Salão Oval da Casa Branca.

O músico, seguidor de Trump, visitou a Casa Branca para almoçar com o presidente americano e discutir a reforma do sistema penitenciário e como prevenir a violência das gangues.

Kanye West durante reunião com o presidente dos EUA, Donald Trump, no Salão Oval da Casa Branca, em Washington

Kanye West durante reunião com o presidente dos EUA, Donald Trump, no Salão Oval da Casa Branca, em Washington Foto: Gabriella Demczuk/The New York Times

Os jornalistas tiveram acesso ao começo da reunião, na qual Kanye falou durante mais de 10 minutos sobre as divisões políticas e sobre as medidas comerciais dos Estados Unidos, os erros que, segundo ele, cometem os afro-americanos e, inclusive, sobre sua própria saúde mental, ao assegurar que o diagnosticaram erroneamente com distúrbio bipolar.

Sentado em frente a Trump e usando o boné vermelho com a frase Make America Great Again (Faça a América grande de novo), West afirmou que esse assessório foi para ele como "uma capa de Super-Homem" durante a campanha eleitoral. "Meu pai e minha mãe se separaram e, assim, não havia muita energia masculina em casa, e também estou casado com uma mulher de uma família em que tampouco há muita energia masculina", disse West, que assegurou haver obtido essa energia de Trump.

Donald Trump se manteve em silêncio durante todo o monólogo e depois indicou que West é "um tipo esperto" e "entende" as coisas. Perguntado se vê o rapper como um candidato presidencial, Trump respondeu: "Poderia ser, perfeitamente". Mas, West se apressou para esclarecer que isso só poderia acontecer após 2024, depois que o presidente deixar o  poder - caso seja reeleito para um segundo mandato.