Kanye West diz que Kim Kardashian não pode provar autoria dos ataques nas redes

Redação - O Estado de S.Paulo

Em processo, defesa do cantor afirma que as mensagens são boatos e não podem ser admitidas em tribunal

Kanye West compartilhou prints de conversas com Kim Kardashian, apagou e depois se desculpou.

Kanye West compartilhou prints de conversas com Kim Kardashian, apagou e depois se desculpou. Foto: Danny Moloshok / Reuters

Kanye West afirmou que sua ex-mulher, a empresária Kim Kardashian, não tem como provar que ele é o responsável pelas publicações feitas nas redes sociais para atacar ela e o namorado Pete Davidson.

Os advogados do rapper entraram com um pedido na Justiça para que essas postagens não sejam usadas na audiência de divórcio dos dois, que está marcada para acontecer na próxima semana. 

Segundo o site TMZ, que teve acesso aos documentos do processo, a defesa do cantor disse que as mensagens são boatos e, por isso, não podem ser admitidas no tribunal. 

"Kim precisava mostrar as postagens nas redes sociais em evidência e provar que foram escritas por Kanye", escrevem os advogados. 

West também usado as redes sociais para expor o fim de casamento com Kim. Em um dos ocorridos, eles divulgou prints de conversas com ela, mas depois apagou e disse que se resposabiliza pelo o que fez.

"Eu sei que compartilhar captura de tela foi chocante e pareceu que estava assediando Kim. Eu assumo a responsabilidade. Sigo aprendendo em tempo real."