Justin Bieber revela que não tem celular pela sua saúde mental: 'Aprendi a ter limites'

Bárbara Correa* - O Estado de S.Paulo

O cantor também falou sobre o novo álbum 'Justice': 'É a primeira vez na vida que realmente aproveitei o processo de lançamento'

Justin Bieber revelou que o real motivo de ter cancelado a 'Purpose World Tour' foi por preocupações com sua saúde mental

Justin Bieber revelou que o real motivo de ter cancelado a 'Purpose World Tour' foi por preocupações com sua saúde mental Foto: Instagram/@justinbieber

Prestes a lançar um novo álbum, Justin Bieber revelou como ele aprendeu a focar na sua saúde mental, definir limites para si mesmo na carreira e o que espera com o lançamento de Justiceprevisto para o dia 19 deste mês.

Em entrevista à Bilboard nesta quinta-feira, 11, o cantor compartilhou que não possui um celular para uso pessoal e explicou que se comunica com a equipe de trabalho através de um iPad. "Eu definitivamente aprendi como ter limites, e simplesmente sinto que não devo nada a ninguém”.

"Isso me ajudou a ser capaz de apenas dizer não e ser firme nisso e saber que meu coração [quer] ajudar as pessoas, mas não posso fazer tudo. Eu quero às vezes, mas simplesmente não é sustentável", concluiu ele. Sobre o seu novo lançamento, ele comemorou: “Acho que é a primeira vez na minha vida em que realmente aproveitei o processo de lançamento de um álbum”.

Relembrando sua trajetória, Justin contou que o real motivo de ter cancelado a Purpose World Tour foi por causa de preocupações com sua saúde mental. “Tudo era sobre sucesso, desempenho e tal, então eu ainda estava vazio, sabe?”, desabafou. “Todos os meus relacionamentos estavam sofrendo, mas eu tinha todo esse sucesso e todo esse dinheiro, e isso simplesmente não era satisfatório para mim”.

As coisas começaram a mudar quando Bieber passou a frequentar a terapia regularmente e se conectou com a sua fé. “Eu mudei minhas prioridades para não ser outro jovem músico que acabou não conseguindo (...) Houve um tempo em que eu realmente tive minha identidade envolvida em minha carreira, mas eu tenho uma sensação de que meu propósito é usar minha música para inspirar”.

Por fim, o artista explicou que gostaria de servir de exemplo para mais pessoas que querem mudar sua pespectiva de vida e explicou como enxerga o sucesso atualmente. “A esta altura, alcancei um nível de sucesso tantas vezes que sei que o sucesso não é o objetivo principal da minha felicidade”.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais