John Green pode não escrever mais livros

- O Estado de S.Paulo

Ele se sente pressionado após o sucesso de 'A Culpa é das Estrelas' e diz que não consegue mais criar boas histórias

Parece que a culpa é das estrelas: John Green se sente pressionado após o sucesso do livro. 

Parece que a culpa é das estrelas: John Green se sente pressionado após o sucesso do livro.  Foto: Divulgação

A Culpa é das Estrelas foi um sucesso de vendas, virou filme e levou milhões de pessoas aos cinemas. Com tudo isso, John Green deveria estar feliz da vida, não é? Mas a obra não deu só felicidade para ele, e o autor pode não escrever mais livros justamente por conta da repercussão positiva.

É que ele tem se sentido pressionado pelos fãs para escrever o próximo romance e, por isso, acabou perdendo o prazer de escrever. "Em algum momento, eu deixei de ser 'a pessoa que escreve livros', que é um trabalho presente, e me tornei 'a pessoa que escreveu aquele livro', o que é uma frase no passado", disse Green em vídeo publicado no YouTube.

Em apenas uma semana após o lançamento, o livro em questão vendeu mais do que os três livros que ele já havia publicado antes juntos. “Eu comecei a sentir uma pressão intensa, como se as pessoas ficassem olhando por cima dos meus ombros enquanto eu escrevo”, completou.

No vídeo, Green ainda conta que tentou criar uma nova história sobre adolescentes com identidades roubadas, mas que não conseguiu criar boas cenas de ação. Depois, tentou falar sobre jovens que descobriam algo ruim durante uma tempestado, mas também não obteve bons resultados. "Escrever costumava ser uma maneira sã e salva de colocar para fora os meus pensamentos, mas, agora, não é mais assim",  desabafou o autor.