Joelma fala sobre agressões de Ximbinha: 'Comprei uma arma de choque'

Bárbara Correa* - O Estado de S.Paulo

 'A gente tem esperança que pessoa mude, mas nós não temos o poder de mudar ninguém', dissea cantora

Joelma em entrevista para Sabrina Sato

Joelma em entrevista para Sabrina Sato Foto: Youtube/ Canal Sabrina Sato

Joelma relembrou, nesta quarta-feira, 21, o relacionamento abusivo vivido com Ximbinha, que terminou em 2015. Em entrevista ao canal da Sabrina Sato no YouTube, a cantora falou sobre a primeira agressão cometida pelo ex-marido.

"Logo no início do casamento, eu lembro que comprei uma arma de choque. Ele quase me jogou lá de cima. Ele tinha uns problemas sérios e eu andava com ela na minha bolsa", revelou a ex-vocalista da banda Calypso.

A artista também contou que, mesmo depois de terminar a relação, o guitarrista tentou agredi-la novamente. "Quando eu me separei, ele veio querendo me bater e foi aí que meu filho se meteu e me defendeu. Por isso, resolvi dar um fim no casamento". 

"Isso pode acontecer com qualquer mulher e você não pode aceitar. Eu lutei muito pela minha família, por causa dos meus filhos. Eu aprendi que a gente tem esperança de que pessoa mude, mas nós não temos o poder de mudar ninguém. Chega uma hora que é preciso tomar uma decisão e lutar pela sua vida", explicou ela.

Joelma também falou sobre as traições do ex-marido e contou que, depois da separação, recebeu o carinho de diversas fãs que sofreram violência doméstica e se inspiraram nela. "No decorrer da minha carreira, tomei o controle de tudo, mas vieram as traições. Aí você perdoa uma vez, só que ele faz de novo e você fica mal".

"Não precisamos temer o homem, ele não pode nada perto de Deus. Eu encontrei mulheres em aeroportos que me abraçavam e diziam: 'obrigada, você salvou a minha vida quando tomou aquela decisão, porque eu também me separei e hoje sou livre'. Isso foi emocionante", disse ela.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais