Joelma afirma que assinar a separação foi como ganhar sua 'carta de alforria'

- O Estado de S.Paulo

Cantora ainda revela como estava se sentindo antes da separação de Ximbinha

 

  Foto: Reprodução

Joelma afirmou durante sua participação no programa 'Xuxa Meneghel' dessa segunda-feira, 04, que a separação de seu ex-marido Ximbinha - agora com X - significou muito mais que assinar um simples papel. 

"Naquele momento eu assinei minha carta de alforria, porque me sentia uma escrava", disse a cantora, que ainda declarou que, no final do ano passado, ela não sentia mais vontade alguma de subir ao palco ao lado dele.

"Tinha momento que eu não queria estar no palco. Eu fui obrigada a cumprir. Eu queria estar distante de tudo e de todos. Sabe aquele momento que você quer ficar sozinha? Eu não tive essa chance. Eu tive de encarar e dar a cara para bater. Nesse momento, precisei de muito apoio e eu tive. Essas pessoas (fãs) me carregaram no colo", revelou.

Ao ser questionada se ela havia conversado com sua filha mais velha, que disse ter sido abusada por Ximbinha durante a infância, Joelma disse que não. "Minha filha está do meu lado agora. Não compreendia muita coisa que acontecia na minha casa. Tem certas coisas que ela não toca no assunto porque acho que ela se sente um pouco constrangida. Também não toco no assunto, só quando ela quiser falar. A gente está muito bem. Aprendi muita coisa com tudo isso que aconteceu. A gente confia plenamente numa pessoa que está ao lado, e, de repente, descobre que ela é a grande decepção da vida, e que te afastou de pessoas preciosas", explicou.

No final, Joelma afirmou que está solteira e, ao contrário do que dizem, não está procurando namorado no momento. "A tampa da minha panela está por aí, a qualquer momento eu dou de cara com ela. Não vou ficar desesperada correndo atrás de homem. Ele vai vir atrás de mim", finalizou.