J.K. Rowling se manifesta sobre a presença de Johnny Depp em ‘Animais Fantásticos’

Redação - O Estado de S.Paulo

‘Baseado no nosso entendimento do caso, estamos confortáveis com a presença dele no filme’, disse a autora

A autora J.K. Rowling se manifestou a respeito das críticas dos fãs quanto à presença de Johnny Depp em 'Animais Fantásticos'

A autora J.K. Rowling se manifestou a respeito das críticas dos fãs quanto à presença de Johnny Depp em 'Animais Fantásticos' Foto: Olivia Harris/Reuters

Após várias críticas dos fãs a respeito da presença de Johnny Depp como o antagonista de Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald, a autora J.K. Rowling, criadora do universo Harry Potter e roteirista do filme, se pronunciou a respeito do caso em seu site pessoal.

“Quando Johnny Depp foi contratado como Grindelwald eu achei que ele seria ótimo para o papel. Entretanto, enquanto ele gravava sua participação no primeiro filme, começaram a surgir histórias sobre ele na imprensa que deixaram todos os envolvidos na franquia muito consternados”, escreveu a autora, em referência às acusações de agressão contra ele feitas pela ex-mulher Amber Heard.

“Os fãs de Harry Potter tinham questões e preocupações legítimas sobre nossa questão de continuar com Johnny Depp no papel. Como o diretor David Yates já comentou, naturalmente consideramos a possibilidade de reescalar o papel. Nós entendemos por que alguns de vocês ficaram confusos e irritados quando isso não aconteceu”, continuou.

“Pessoalmente foi bem difícil não pode falar sobre o caso, mas temos que respeitar as escolhas feitas pelas duas pessoas envolvidas de não comentar o assunto”, disse Rowling, jusitifcando o fato de não ter comentado a respeito das acusações. “Baseado no nosso entendimento do caso, estamos confortáveis com a presença dele no filme e felizes por ter Johnny Depp interpretando um dos protagonistas do filme”, concluiu Rowling.

Horas depois, Amber Heard fez um post no Instagram criticando o comunicado de Rowling sem citar o nome da autora. Reproduzindo a declaração que foi divulgada para a imprensa na época em que ela e Depp chegaram a um acordo no divórcio, a atriz escreveu: "Escolher certas frases e usá-las fora do contexto não é certo. Mulheres, continuem a reagir e se mantenham firmes". 

Veja abaixo o post:

Entenda. Johnny Depp foi acusado em maio de 2016 de agredir fisicamente a ex-mulher, Amber Heard. Por essa razão, a Justiça assegurou a Heard uma medida protetiva contra ele. A participação de Depp no primeiro filme da sequência, Animais Fantásticos e Onde Habitam, foi criticada à época justamente em função da agressão. As críticas voltaram agora, após o anúncio do elenco e da data de lançamento da sequência.