Jimmy Fallon faz referência a Donald Trump em piadas no Globo de Ouro

- O Estado de S.Paulo

'Este é o Globo de Ouro, um dos poucos lugares onde a América ainda honra o voto popular', disse em referência ao número de votos recebidos pelo presidente eleito nos EUA

Jimmy Fallon fez piadas com Donald Trump no Globo de Ouro.

Jimmy Fallon fez piadas com Donald Trump no Globo de Ouro. Foto: Paul Drinkwater/NBC via AP

O anfitrião do Globo de Ouro, Jimmy Fallon, fez diversas referências a Donald Trump, presidente eleito nos Estados Unidos, em seus monólogos após a divulgação dos vencedores da premiação, realizada no último domingo, 8.

Logo no início da apresentação, ele disse: 'Este é o Globo de Ouro, um dos poucos lugares onde a América ainda honra o voto popular', em referência ao número de votos que Trump recebeu - 3 milhões a menos que sua concorrente, Hilary Clinton. O sistema eleitoral dos EUA não elege um candidato por maioria absoluta de votos, pois cada estado do país tem um peso.

Depois, ele usou uma referência de Game of Thrones para criticar o político mais uma vez. "Muitas pessoas se perguntam o que aconteceria se o Rei Joffrey tivesse continuado vivo. Bem, em 12 dias, nós vamos descobrir", disse Fallon, provocando risadas na plateia.

E não acabou por aí: depois de falar sobre Florence Foster Jenkins, filme estrelado por Meryl Streep, que interpreta uma mulher considerada a 'pior cantora de ópera do mundo', ele brincou: "E até ela recusou-se a cantar no lançamento [da candidatura] de Trump".

Fallon ainda fez piada com Mariah Carey, que acusou a produtora de sabotar seu show no Ano Novo, quando houve uma falha no teleprompter. "Eu acabei de sair do telefone com Mariah Carey e ela acha que a Dick Clark Productions sabotou o meu monólogo", brincou. 

Ao falar sobre Donald Trump, a plateia aplaudiu Jimmy Fallon.