Jennifer Aniston nega gravidez e diz ser tratada como objeto

- Bang Showbiz

Atriz afirmou que está farta dos boatos e diz que as mulheres são tratadas como objeto

Foto: Bang Showbiz

Jennifer Aniston já não aguenta mais os rumores de gravidez. A atriz escreveu um longo ensaio para o jornal Huffington Post no qual reclama sobre a maneira de trabalho de alguns paparazzi, que atuam na surdina para conseguir fotos dela com seu marido, Justin Theroux.

"Vou começar dizendo que abordar fofoca é algo que eu nunca fiz. Não gosto de dar energia para o negócio de mentiras, mas queria participar de uma conversa maior que já começou e precisa continuar. Por eu não estar nas mídias sociais, decidi colocar meus pensamentos por escrito aqui", escreveu ela.

"Para o registro, não estou grávida. O que estou é farta. Estou farta do escrutínio como esporte e exposição do corpo que ocorrem diariamente sob o disfarce de 'jornalismo', a 'Primeira Emenda" e 'notícias de celebridade'. Todos os dias eu e meu marido somos perseguidos por dezenas de fotógrafos agressivos estacionados fora da nossa casa que adotam medidas chocantes para obter qualquer tipo de foto, mesmo que isso signifique nos colocar ou pôr os pobres pedestres que estiverem nas proximidades em perigo. Mas deixando de lado o aspecto da segurança pública, quero me concentrar no cenário maior do que este ritual insano de tabloide representa para todos nós", continuou.

A atriz, de 47 anos, também criticou a forma pela qual as mulheres são tratadas. Segundo ela, todas são tratadas como objeto.

"A objetivação e escrutínio pelos quais fazemos as mulheres passarem é um absurdo e perturbador. A maneira que sou retratada pela mídia é simplesmente um reflexo de como vemos e retratamos as mulheres em geral, medido em relação a algum padrão distorcido de beleza. Às vezes, os padrões culturais só precisam de uma perspectiva diferente, assim podemos vê-los pelo que eles realmente são - uma aceitação coletiva... um acordo subconsciente. Nós estamos no comando do nosso acordo. Meninas em todos os lugares estão absorvendo nosso acordo, passivas ou de outra forma", concluiu.