Jennifer Aniston acredita que divórcio de Brad Pitt é 'carma'

- Bang Showbiz

Atriz pensa que o divórcio de Brad Pitt de Angelina Jolie seja 'carma' por ele ter acabado com o casamento dos dois em 2005

Jennifer Aniston.

Jennifer Aniston. Foto: Bang Showbiz

Jennifer Aniston confessou aos amigos acreditar que o divórcio de Brad Pitt de Angelina Jolie seja "carma". segundo a informação de uma fonte ao site 'Us Weekly'. A atriz de 'Friends', de 47 anos, que se divorciou do ator de 'Corações de Ferro' em 2005, após cinco anos de casamento, pensaria que seu ex-parceiro finalmente teve sua punição por namorar Angelina imediatamente após a separação deles há 11 anos.

A separação de 'Brangelina' culminou com o pedido de divórcio de Angelina na última segunda-feira, 19, pondo fim ao casamento de dois anos com o galã de Hollywood. Uma fonte disse ao 'Us Weekly' que o motivo seriam diferenças irreconciliáveis. Ao comentar a notícia com amigos, Jennifer teria afirmado: "Sim, isso é carma".

"Ela sempre teve a sensação de que algo iria acontecer com eles eventualmente. Ela não sentia que Angelina era verdadeiramente a pessoa com quem Brad estava destinado a ficar. Ela sempre sentiu que Angelina era muito complexa para ele. Ele é um cara muito simples", disse a fonte ao 'Us Weekly'.

Entretanto, ao mesmo tempo Jennifer "nunca" quis que o romance do casal chegasse ao fim.

Uma segunda fonte explicou à publicação: "Reconhecidamente [Jennifer] se sente meio que satisfeita com a separação de Brad e Angelina. No entanto, ela também 'nunca quis ou desejou isso para eles". 

A estrela de 'Cake - Uma Razão Para Viver', que agora é casada com Justin Theroux, teria desejado boa sorte a Brad. "Jen deseja sorte e o melhor para Brad. Ela se sente feliz, e ela quer que ele seja feliz também".Jen não se prende a qualquer negatividade de seu casamento com Brad", disse a fonte.

Angelina teria decidido terminar seu casamento de dois anos com o ator, de 52, após ficar "extremamente chateada" com a forma que Brad criava seus filhos. Contudo, a imprensa internacional já aponta outros motivos - entre eles, a atriz francesa Marion Cotillard como pivô da separação.

Nos documentos arquivados na corte, Angelina está pedindo a custódia conjunta legal de seus seis filhos - Maddox, 15, Pax, 12, Zahara, 11, Shiloh, 10, e os gêmeos Knox e Vivienne, 8. Contudo, ela busca a custódia física integral das crianças. Angelina afirmou nos documentos judiciais que está feliz em permitir direitos de visitação a Brad.