J Balvin é criticado após comentário sobre Shakira em entrevista

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Cantor chegou a rir e ironizar comentários de Will.i.am sobre o processo de trabalhar com a cantora

O cantor colombiano J Balvin

O cantor colombiano J Balvin Foto: Andrew Kelly / Reuters

O cantor J Balvin participou de uma entrevista junto com os membros do grupo Black Eyed Peas e Maluma e foi criticado na quarta-feira, 24, por ironizar alguns comentários de Will.i.am sobre o processo de colaboração com a cantora Shakira.

Shakira, Maluma e J Balvin aparecem no novo álbum do Black Eyed Peas, Translation, assim como outros músicos do reggaeton. Os comentários de Balvin foram feitos quando uma jornalista do site BillBoard perguntou para Will.i.am sobre como foi trabalhar com tantos cantores.

“O processo para criar esse álbum foi ter uma mente aberta, ser paciente. Todos tem um estilo diferente de trabalhar. Quando você produz algo assim, e eu produzo, escrevo, tenho ideias, você precisa desacelerar. Se alguém não gostar de algo, você não pode deixar isso te afetar”, disse Will.

Will destacou que precisou ser muito "flexível" e quando a repórter perguntou com quem ele teve que ter mais flexibilidade, ele respondeu que foi com Shakira. Após o comentário J Balvin começou a rir bem alto, e comentou: “Ai meu Deus, ai meu Deus. Eu nunca trabalhei com ela antes, então essa pergunta vai para vocês. Vocês podem falar sobre isso”. 

Ele também fez comentários ironizando o processo de trabalho com Shakira que Will.i.am descreveu. Pouco depois da divulgação da entrevista a hashtag #JBalvinIsOverParty surgiu nas redes, criticando a postura do artista.

Alguns consideraram que ele estava fazendo uma piada com a palavra “flexibilidade”, dando um tom sexual ao comentário, enquanto outros consideraram que ele estava criticando Shakira e colocando-a como uma pessoa difícil de se trabalhar. 

“Mas eu aprendi com ela, o jeito que ela faz, é uma escola”, frisou Will.i.am. Confira alguns dos comentários sobre J Balvin:

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais