Irmão de Meghan Markle é preso nos EUA por dirigir embriagado

Redação - O Estado de S.Paulo

Thomas Markle Jr. foi detido pela segunda vez, de acordo com informações do site TMZ

A duquesa de Sussex, Meghan Markle.

A duquesa de Sussex, Meghan Markle. Foto: Ian Vogler/Pool/Reuters

Não é de hoje que o irmão da duquesa de Sussex, Meghan Markle, apresenta problemas na justiça. Desta vez, ele foi preso por dirigir embriagado. As informações são do site TMZ

Ele foi detido na sexta-feira, 11, em Oregon, nos Estados Unidos. Por volta das 11h30, horário local, autoridades fizeram uma blitz e pediram para que Thomas Markle Jr. realizasse o teste do bafômetro. O resultado deu nível de álcool acima do limite legal. O veículo foi apreendido e ele foi parar no centro Grants Pass Sobering.

Em janeiro de 2017, o irmão de Meghan foi preso por apontar uma arma de fogo à namorada durante uma discussão. Ele também estava alcoolizado na ocasião. Apesar do flagrante, ele foi absolvido.

O pai dele, Thomas Markle, deu uma entrevista ao site TMZ e confirmou que o filho sofre com alcoolismo. “Meu filho precisa de ajuda”, disse.

Thomas é irmão por parte de pai e mantém distância de Meghan. Ele chegou a enviar uma carta em abril do ano passado ao príncipe Harry. “Não é tarde demais. A Meghan Markle não é, obviamente, a mulher certa para ti”, disse na correspondência.

Segundo Thomas, a ex-atriz de Hollywood é uma pessoa ‘aborrecida e vaidosa’ e que faria da herança da família real ‘uma piada’. O irmão de Meghan criticou o fato de a duquesa não ter convidado alguns familiares para a cerimônia. “Ela não convida a família para o casamento, preferindo convidar pessoas completamente desconhecidas. Quem é que faz isso?”, questionou.