Internada há nove meses, Vanusa segue em tratamento contra depressão

Redação - O Estado de S.Paulo

Além disso, cantora, sucesso nos anos 1970, luta contra dependência química, segundo jornal

A cantora Vanusa

A cantora Vanusa Foto: Gabriela Bilo / ESTADÃO

A cantora Vanusa segue internada há nove meses para tratar de dependência química e depressão, em São Paulo. A informação foi dada pelo filho dela, Rafael Vannucci, ao jornal Extra. Esta é a mais longa internação dela.

Vanusa fez sucesso com muitas músicas nos anos 1970, entre elas Manhãs de Setembro e Sonhos de um Palhaço. Ao longo da carreira, gravou 23 discos e vendeu mais de três milhões de cópias. 

Em maio do ano passado, a cantora foi internada pela terceira vez em uma clínica de reabilitação para tratar da depressão e da dependência química. De acordo com o filho, ela emagreceu 30 quilos e não estava conseguindo ter uma vida saudável. 

Em seguida, prosseguiu: "A depressão dela vem de 15 anos pra cá, e vem piorando. Minha mãe é uma pessoa forte, muito guerreira, muito batalhadora, mas hoje ela precisa dessa ajuda. Enquanto ela decidir lutar pela vida dela, eu vou estar aqui lutando também. Eu e minha família achamos melhor interná-la novamente, sem prazo de saída. Vai ser um tratamento longo, ela vai passar por uma bateria de exames, ser avaliada. Peço a Deus que a ilumine e dê forças."

A segunda internação de Vanusa havia ocorrido em agosto de 2017. Na época, segundo Rafael, ela foi internada para combater uma depressão severa e um vício em calmantes.

Assista o vídeo de Rafael Vannucci sobre a saúde da cantora: