Internação de Kanye West está 'longe de acabar', diz site

- O Estado de S.Paulo

Segundo fontes próximas do cantor, ele está tratando problemas para dormir e uma desidratação

Kanye West

Kanye West Foto: ANDREW KELLY/Reuters/Corbis

Depois de uma crise psicológica, Kanye West foi levado ao hospital às pressas na última segunda-feira, 21. Porém, o que para ser apenas uma internação de uma noite acabou se mostrando um problema mais sério. Segundo fontes próximas ao cantor, a hospitalização está longe de terminar.

Segundo o site TMZ, até a última quarta-feira, 23, os médicos diziam que ele sairia do hospital até o final de semana. Porém, na manhã desta quinta, essa hipótese foi descartada e ele sair de lá para comemorar o Dia de Ação de Graças com sua família é improvável.

Ainda de acordo com fontes consultadas pelo site, o médico de Kanye disse aos policiais que o o cantor sofre de uma psicose temporária que faz com que ele não durma e que causou uma grande desidratação, entre outros problemas mais graves não divulgados.

Segundo a revista People, o cantor está passando por um tratamento para curar a falta de sono e, desde ontem à noite, ele começou a sentir-se "mais como ele mesmo, voltou a si". Desde que foi internado, Kim Kardashian, sua esposa, não saiu de seu lado.

Uma fonte conectada ao cantor disse ainda que os problemas psicológicos alegados são um motivo grave o suficiente para que o seguro cubra todas as despesas financeiras e lucros perdidos com o cancelamento dos 21 shows de sua turnê.