Hugh Jackman relembra quando se livrou de uma deportação por conta do seu papel como Wolverine

Redação - O Estado de São Paulo

Na ocasião, o ator teve que revelar no aeroporto que estava filmando o primeiro filme da saga 'X-Men'

O ator Hugh Jackman caracterizado como Wolverine para o primeiro filme da franquia 'X-Men' (2000).

O ator Hugh Jackman caracterizado como Wolverine para o primeiro filme da franquia 'X-Men' (2000). Foto: Attila Dory

O ator Hugh Jackman conseguiu muito mais do que se tornar uma estrela global com o papel de Wolverine na saga X-Men. Ao The Tonight Show Starring Jimmy Fallon o astro revelou que conseguiu evitar ser deportado com o longa.

Em uma viagem de Los Angeles, nos Estados Unidos, a Toronto, no Canadá, para começar a gravar o primeiro filme da franquia, Jackman teve que revelar a então novidade para conseguir entrar no país.

Na ocasião, o ator ainda não tinha recebido o visto de trabalho. Com isso, ele havia sido orientado a mentir na alfândega e dizer que estava viajando apenas para fazer um teste para o papel, mas, ao ser levado para uma "salinha" do aeroporto e ser interrogado, o ator não teve outra alternativa a não ser revelar que viveria o personagem nos cinemas.

"Você não quer estar naquela 'salinha'. Aquela 'salinha' é ruim. E eu entrei lá, e fiquei lá por uma hora e meia. Me fizeram esperar. Ele [agente] disse: 'Qual é o problema?'. E eu disse: 'Bem, é 'X-Men'. É como uma história em quadrinhos.' Ele: 'O quê? Bem, você quer dizer como a animação 'X-Men'?'. E eu disse: 'Bem, não, eles estão fazendo uma versão live-action disso'. Ele disse: 'O quê?'. E eu disse: 'Sim'. E ele disse: 'Bem, para que você fez o teste?'. E eu disse: 'É um personagem chamado Wolverine'. Ele disse: 'O quê?!'. E ele literalmente olhou para mim, e então ele apenas olhou para todos os seus amigos, e disse: 'Ei, é o Wolverine! Este é o Wolverine!'", lembrou o ator ao narrar a cena.

Só depois da revelação que Jackman conseguiu se livrar daquela enrascada, e ainda com uma escolta policial. "Honestamente, eu saí com uma escolta policial, só para me deixar sair. Esse cara me fez dar autógrafos, tudo. Ele era um fã louco de 'X-Men'. E essa é a única razão pela qual acabei conseguindo", revelou.