Homem que invadiu a casa de Taylor Swift tirou os sapatos por educação

Redação - O Estado de S.Paulo

O invasor Richard Joseph McEwan disse aos policiais que sempre foi ensinado a tirar os calçados antes de entrar na casa de alguém

Taylor Swift no MTV Video Music Awards, em Newark, em agosto de 2019.

Taylor Swift no MTV Video Music Awards, em Newark, em agosto de 2019. Foto: Evan Agostini/Invision/AP

A polícia da cidade de Westerly, no estadao norte americano de Rhode Island, disse que um homem que invadiu a mansão de Taylor Swift tirou os sapatos antes de entrar porque queria ser educado.

Os agentes, que chegaram à residência na última sexta-feira, 30, por volta das 17h, encontraram o invasor Richard Joseph McEwan, de 26 anos, dentro da casa.

Shawn Lacey, chefe de polícia, disse ao jornal The Westerly Sun que o homem de Milford, em Nova Jersey, não estava usando sapatos. Quando perguntado por que, ele disse que sempre foi ensinado a tirar os calçados ao entrar na casa de alguém para ser educado.

Invasores e stalkers são frequentes na vida de Taylor Swift, mas pelo que Lacey disse lembrar, é a primeira vez que encontram o invasor dentro da residência.

Em 2018, Julius Sandrock foi preso após ir até a casa da cantora vestindo uma máscara, portando munições, uma faca, luvas e um roupão.

Dias antes, Bruce Rowley assaltou um banco e foi até a mansão de Taylor em Rhode Island para tentar impressionar a cantora jogando dinheiro na cerca de sua residência com a intenção de pedi-la em casamento. Ele foi preso, mas, após pagar fiança de 100 mil dólares, respondeu ao processo em liberdade.

Com informações da AP