'Hipster da Federal' afirma que não desrespeitou regras da PF

- O Estado de S.Paulo

Lucas Valença teria dado entrevistas 'na condição de cidadão que possui interesse da sociedade'

  

   Foto: Reprodução/Instagram

A recém-contratada assessoria de imprensa do 'Hipster da Federal', como ficou conhecido Lucas Valença, divulgou uma nota nesta terça-feira, 01, para afirmar que o agente da PF 'não desrespeitou quaisquer normas' da corporação. 

Lucas deu entrevistas, inclusive ao programa Encontro com Fátima Bernardes. "Lucas Valença não foi convidado para conceder entrevistas enquanto representante da Polícia Federal, mas sim na condição de cidadão que possui interesse da sociedade. Valença não foi exonerado nem afastado do cargo, nenhuma notificação chegou ao agente", afirma a assessoria na nota.

As entrevistas foram concedidas depois de Lucas ganhar fama ao conduzir o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha ao avião que o levou à Curitiba, onde foi detido. 

"É inverdade que Valença esteja respondendo qualquer procedimento administrativo na PF, que tenha sido admoestado por conta das entrevistas concedidas e que teria sido avisado de que estava violando o estatuto da profissão. Além disso, o agente não foi aconselhado a deixar de ir a programas de TV e conceder entrevistas", adiciona a assessoria.