Heloísa Périssé fala sobre sequela após retirada de câncer na boca: ‘Não vou ficar sem sorrir'

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Atriz, que passou por nove horas de operação, está concluindo remotamente faculdade de Artes Cênicas na quarentena

A atriz Heloísa Périseé

A atriz Heloísa Périseé Foto: Instagram/@heloisaperisse

Acostumada a alegrar o público, Heloísa Périssé não se intimidou contra um câncer na região das glândulas salivares. Ela descobriu o tumor em agosto do ano passado. Após nove horas de cirurgia, parte dos nervos tiveram de ser refeitos. A atriz conta que a musculatura da boca está voltando ao normal aos poucos. 

“Já melhorou bastante. Mas por enquanto é assim que está e vai ficar. E eu não vou ficar sem sorrir”, garante, durante entrevista ao jornal Extra deste domingo, 17.

Ela apareceu pela primeira vez em um trabalho com a boca um pouco paralisada ainda. “Gravei um programa com meu querido amigo Alê de Souza (fotógrafo e maquiador) e disse a ele que estava meio receosa por conta da minha boca, de aparecer assim, com ela tortinha. Ele disse que era isso mesmo, aparecer como sou e estou. E decidi gravar. Foi muito interessante. Porque faz parte dessa história que eu vivi. é uma marca temporária”, explica.

Saiba tudo sobre câncer nas glândulas salivares, doença que atinge Heloísa Périssé.

Assim como muita gente, Heloísa está cumprindo quarentena por causa do novo coronavírus. Mesmo o isolamento social não fez com que a atriz ficasse parada. Ela está concluindo, remotamente, a faculdade de Artes Cênicas e já faz planos para quando a pandemia acabar: um mestrado. “Talvez faça Filosofia ou Pedagogia...ou até Teologia, que são assuntos que me interessam demais”, planeja.

Heloísa Périssé entregou um projeto para a Globo e está escrevendo uma nova peça, Nada a pedir, muito a agradecer. Com isso, cria um grupo de teatro para jovens com o diretor João Fonseca. A atriz também está no elenco de A Vila, do amigo Paulo Gustavo, no canal Multishow.