Gusttavo Lima responde fã que reclamou sobre demora de doação: 'Não funciona assim, na pressão'

Redação - O Estado de S.Paulo

Joyce tem um filho tetraplégico e cantor disse que doaria cadeira de rodas

Gusttavo Lima se apresentou em Brasília.

Gusttavo Lima se apresentou em Brasília. Foto: Instagram/@gusttavolima

No último domingo, 25, Gusttavo Lima se apresentou no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. O cantor conheceu Joyce, que lhe explicou que seu filho Brenno, de 14 anos, é tetraplégico e precisava de uma prótese e uma cadeira de rodas no valor de R$ 12 mil. Sensibilizado, Gusttavo disse que faria a doação. No entanto, o cantor foi surpreendido com um vídeo feito por Joyce, em que ela reclama por ainda não ter sido contatada pela produção de Gusttavo. Em resposta, ele esclareceu tudo em seus stories do Instagram.

"Eu vou dar a cadeira para o filho da Joyce, que se chama Brenno, mas quero deixar bem claro aqui que não é do dia pra noite que a gente resolve as coisas. Nós fizemos o show no sábado, no domingo ninguém trabalha, e a gente teve somente ontem [segunda-feira] pra poder correr atrás disso. Me sinto feliz em poder ajudar o Brenno, mas não é desse jeito. Não funciona assim, nessa pressão, indo para a rede social reclamar. Eu não tenho obrigação de ajudar ninguém. O que eu fiz foi de coração, por amor, e eu espero que você [Joyce] entenda muito bem isso", disse.

O cantor também esclareceu que a cadeira de rodas seria entregue, não o dinheiro para comprá-la. "Agora, o fato de dar o dinheiro em espécie, isso não vai acontecer. O que foi pedido foi uma cadeira de rodas, não foi dinheiro. Então se você está esperando que eu mande dinheiro para você, esquece, isso não vai rolar", avisou.

Gusttavo concluiu: "Brenno, sua cadeira de rodas está chegando, tá, garoto? Espero que você seja muito feliz e que essa cadeira de rodas te traga muitas alegrias, que faça a diferença na sua vida. Fico muito feliz em poder te ajudar. Deus te abençoe".