Guns N’Roses faz acordo para encerrar processo por cerveja

Agência - Reuters

Bebida, intitulada ‘Guns ’N’ Rosé’, não tem relação com a banda

Axl Rose e Slash se apresentam em Abu Dhabi, em 2018.

Axl Rose e Slash se apresentam em Abu Dhabi, em 2018. Foto: REUTERS/Christopher Pike

O Guns N’Roses chegou a um acordo no processo em que acusava a cervejaria do Colorado, Oskar Blues, de violar sua marca registrada ao vender cerveja e mercadorias Guns ‘N’ Rosé sem permissão. 

Segundo os advogados da banda de rock, em um requerimento judicial feito nesta segunda-feira, 12, os dois lados concordaram em princípio, no dia 31 de julho, e estão trabalhando em um acordo escrito que levaria ao arquivamento do processo. 

O Guns N’Roses, cujos sócios incluem o cantor Axl Rose, o guitarrista Slash e o baixista Duff McKagan, acusou a Oskar Blues, em 9 de maio, de deliberadamente negociar sua notoriedade e boa vontade ao vender a Guns ‘N’ Rosé, a partir do começo de 2018

Também fez objeções à venda de camisetas, adesivos e bandanas, dizendo que a Oskar Blues fez com que os clientes da cerveja pensassem que o Guns N’Roses e a Guns ‘N’ Rosé estavam relacionados.

Advogados da banda e da cervejaria não responderam imediatamente, nesta terça-feira, 13, a pedidos de comentários.