Grãos integrais ajudam a viver mais

Anna Paula Buchalla - O Estado de S.Paulo

É o que revela um dos maiores estudos a associar esse tipo de dieta à expectativa de vida de mais de 100 mil pessoas

'O consumo de grãos ricos em fibras está associado à redução de doenças como infarto, derrame e câncer de intestino'

'O consumo de grãos ricos em fibras está associado à redução de doenças como infarto, derrame e câncer de intestino' Foto: Creative Commons

O hábito de manter refeições ricas em grãos integrais como aveia e quinua (até pipoca está valendo!) está associado a um aumento da longevidade. E mais: está mais do que provado que a dieta rica em fibras pode reduzir o risco de mortes por doenças cardiovasculares. Esses são os resultados de uma das pesquisas mais longas que associam alimentos integrais e expectativa de vida: o acompanhamento levou 25 anos e os resultados foram publicados na versão online do Journal of American Medicine, o JAMA. “Acredito que seja praticamente conclusivo que consumir grãos integrais ajuda a viver mais”, disse o professor de nutrição da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, Qi Su. Ele liderou a pesquisa que revisou dois grandes estudos sobre o assunto e analisou os hábitos alimentares de 74 mil mulheres e 44 mil homens, durante mais de duas décadas. 

Segundo o professor Sun, a pesquisa tem três grandes achados: o primeiro deles é o de que pessoas que ingeriram no mínimo 28 gramas de grãos integrais por dia tiveram 5% menos chances de morrer no período do estudo e um risco quase 10% menor de morrer de doenças cardiovasculares. Isso em relação aos que não ingeriram nada ou muito poucas fibras.

A segunda constatação foi a de que os participantes que comiam também as cascas dos grãos tinham benefícios à saúde ainda maiores. É a parte do alimento mais rica em antioxidantes, fibras e vitaminas B. Quando os grãos integrais são processados eles perdem boa parte desses nutrientes, segundo a pesquisa da Faculdade de Saúde Pública de Harvard.

E, por fim, as pessoas no estudo que trocaram as porções de alimentos refinados pelos integrais tiveram uma redução de 8% da mortalidade em geral. Já aqueles que substituíram também a carne pelos integrais, reduziram as taxas de mortalidade em 20%, descobriram os pesquisadores. 

Evidentemente, o estudo levou em conta outros fatores que poderiam afetar a longevidade dos participantes como a idade, o tabagismo, a prática de exercícios físicos, o peso corporal e os hábitos alimentares. Isso foi especialmente importante porque homens e mulheres que ingeriram mais grãos integrais também tendiam a ser mais ativos fisicamente e a comer outros tipos de alimentos mais saudáveis. Eles também fumavam menos e ingeriam menos álcool do que os que comiam pouquíssimos alimentos integrais.

"Outros estudos já mostraram que o consumo de grãos ricos em fibras está associado à redução de doenças como infarto, derrame e câncer de intestino”, disse o professor Sun.

Por outro lado, a ingestão desses grãos integrais não mostrou redução do risco de mortes por câncer, revelou o estudo de Harvard. Ainda assim, esses resultados reforçam as evidências anteriores: as fibras e os grãos integrais são extremamente positivos para a saúde do corpo. Não pense duas vezes antes de incluir esse item às suas refeições.

Para quem deseja aderir e/ou manter uma alimentação saudável, a dica é frequentar as feiras de orgânicos. Em São Paulo, são diversos endereços. Confira:

Feira do Modelódromo do Ibirapuera

Rua Curitiba, 292 - V. Clementino

Sábados, das 7h às 13h

 

Feira do Parque Burle Marx

Avenida Dona Helena Pereira de Moraes, 200 - Panamby

Sábados, das 7h às 13h

 

Feira do Parque do Carmo

Avenida Afonso de Sampaio e Souza, 951 - Itaquera

Sábados, das 7h às 13h

 

Feira de Produtos Orgânicos no Mercado Municipal Kinjo Yamato

Rua da Cantareira, 377 – Centro

Sábados das 3h às 15h

 

Barraca de Produtos Orgânicos em Feira Livre

Praça Charles Miller

6ª feira, das 7h30 às 13h

 

Feira do Produtor Orgânico da AAO - Parque da Água Branca

Avenida Francisco Matarazzo, 455 - Perdizes

Terças, sábados e domingos, das 7h às 12h

 

Feira de Produtos Orgânicos do Shopping Villa Lobos

Avenida das Nações Unidas, 4.777 - Alto de Pinheiros

Domingos das 7h às 13h

 

Feira Orgânica do Ibirapuera

Rua Tutóia, (estacionamento da Igreja do Santíssimo Sacramento) - Vila Mariana

Domingos das 7 às 12h

 

Feira Orgânica Parque Previdência

Rua Pedro Peccinini, 88 - Km 12 da Raposo Tavares - Jardim Adhemar de Barros

Sábados, o dia todo

 

Feira Livre de Produtos Biodinâmicos e Orgânicos 

Rua São Benedito, entre as ruas Américo Brasiliense e Alexandre Dumas - Alto da Boa Vista

Quintas-feiras das 7h às 12h

 

Feira Orgânica Empósio Manjericão

Rua Brigadeiro Henrique Fontenelle, 758 - Parque São Domingos

Quartas e Sextas a partir das 9h

 

Feirinha Orgânica Saúde

Rua Mauro, 400 - Saúde

Domingos, das 8h às 14h

 

Associação Miyagui Kenjinkai

Rua Fagundes nº152 - Liberdade, 152 - Liberdade

1º e 3º sábado de cada mês

 

Terça-Feira Orgânica

Rua Capote Valente, 305 - Jardim Paulista

Terça-feira, das 8h30 às 11h30

 

(Fontes: Idec e Prefeitura de São Paulo)

Veja todas as feiras do país no site do Idec