Gil do Vigor, Preta Gil e mais: Personalidades celebram Dia do Orgulho LGBT+

Julia Queiroz* - O Estado de S. Paulo

Juliana Paes e Ana Maria Braga falaram sobre a importância da data comemorada nesta terça, 28 de junho

Gil do Vigor, Ana Maria Braga e Preta Gil fizeram publicações sobre o Dia Internacional do Orgulho LGBT.

Gil do Vigor, Ana Maria Braga e Preta Gil fizeram publicações sobre o Dia Internacional do Orgulho LGBT. Foto: Instagram/@gildovigor, @anamaria16 e @pretagil

Nesta terça, 28 de junho, é celebrado o Dia Internacional do Orgulho LGBT+, e diversas personalidades usaram as redes sociais para falar sobre sua jornada de aceitação ou destacar a importância da data. 

Ela foi escolhida em homenagem à Revolta de Stonewall, evento que aconteceu neste dia em 1969, quando frequentadores do Stonewall Inn, bar gay em Nova York, resolveram se revoltar contra a perseguição policial que sofriam.

Essa história foi destacada por Preta Gil em sua publicação sobre o Dia do Orgulho, na qual divulgou perfis para se informar sobre a causa. "Eu tenho muito orgulho de ser uma mulher assumidamente bissexual, carrego essa bandeira para onde eu for", escreveu a cantora.

"Lá no início da minha carreira, quando falava abertamente sobre o assunto, recebia vários tipos de críticas por ser apenas quem eu sou. A nossa luta é árdua, diária e sabemos que não é nada fácil. O Brasil segue sendo o país que mais mata transexuais no mundo todo. Precisamos falar sobre isso. A Segurança Pública segue ignorando esse fato tão triste do nosso país", completou.

 

 

Gil do Vigor também deixou sua mensagem sobre a data. O influenciador compartilhou um vídeo do BBB 21 em que falava sobre o preconceito que sofreu em sua vida. 

"Nesse vídeo podemos ver um rapaz confuso, que se preocupava e, além de não se aceitar, tinha vergonha de quem ele é. Hoje, eu entendo que posso e devo ter orgulho do meu jeito, da minha feminilidade e da minha alegria", disse.

 

 

Pabllo Vittar publicou uma foto segurando uma bandeira com as cores do arco-íris, símbolo da luta LGBT e desejou vida longa à comunidade. "Desejo vontade de viver mesmo diante de tanto preconceito e ódio. Desejo prosperidade e abundância, pois somos e merecemos", completou.

 

 

Ana Maria Braga também deixou seu apoio ao Dia do Orgulho. Durante o Mais Você desta terça, ela decorou o cenário com cores da bandeira LGBT e explicou como a data teve origem.

No Instagram, a apresentadora fez uma publicação e escreveu: "Feliz dia do orgulho. Ter orgulho de ser quem se é, mesmo num país que não aceita, no país que mais mata membros da comunidade LGBTQIA+. Celebremos o orgulho e o amor em todas as formas".

 

 

Para celebrar a data, a atriz Juliana Paes resolveu fazer um 'fio' no Twitter com instituições e organizações que apoiam a causa e a comunidade LGBT. "Muito mais do que compartilhar, é conhecer e se engajar também", afirmou.

"Essa data serve para celebrar, sentir orgulho e também para lutar contra os retrocessos. A luta é diária e deve ser um compromisso coletivo sim", disse Juliana na publicação.

 

 

Dira Paes, Camila Pitanga e Daniela Mercury também se manifestaram nas redes sociais e compartilharam o vídeo de uma campanha feita em parceria com a Prefeitura do Rio de Janeiro em busca da concientização sobre a violência contra pessoas LGBT.

No vídeo, também aparecerem personalidades como Malu Mader, Deborah Secco, Hugo Bonemer, Marcelo Serrado, Mariana Ximenes, Reynaldo GianecchiniNanda Costa, Lahn Lahn, Luiza Possi Zélia Duncan. Veja:

 

 

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais