George Clooney fala sobre os desafios da paternidade: 'Nunca imaginei ser pai aos 56 anos'

Redação - O Estado de S.Paulo

Prestes a lançar seu sexto filme como diretor, Clooney ainda falou da admiração que sente por Amal

O ator e diretor George Clooney falou sobre os desafios da paternidade tardia e elogiou sua esposa, Amal.

O ator e diretor George Clooney falou sobre os desafios da paternidade tardia e elogiou sua esposa, Amal. Foto: Gonzalo Fuentes/Reuters

Em tour promocional do seu novo filme, Suburbicon, que estreia no dia 27 de outubro no Brasil, o ator e diretor George Clooney conversou com a agência de notícias Associated Press sobre os desafios da paternidade tardia. Em junho deste ano, Clooney virou pai pela primeira vez com o nascimento dos gêmeos Alexander e Ella com sua esposa Amal.

“De repente você vira responsável pela vida de outras pessoas, o que é aterrorizante”, disse. “Uma das maiores mudanças na minha vida é que antes do nascimento deles eu estava acostumado a limpar meu próprio vômito dos meus ternos, agora é o vômito deles”, brincou.

“Ela [Amal] é como uma atleta olímpica, ela é bem melhor do que eu nisso tudo”, continuou. “Por enquanto meu trabalho é trocar as fraldas deles e passear um pouco com eles”, falou Clooney. “Eu nunca imaginei que seria pai de gêmeos aos 56 anos. MInha dica é: não faça planos, apenas curta o momento”, completou Clooney.

Suburbicon é o 6º filme que Clooney dirige na carreira e tem o roteiro escrito por ele e pelos irmãos Joel e Ethan Coen. Por conta do nascimento dos gêmeos, ele diz que ficou bem mais rigoroso quanto ao que escolhe para atuar ou dirigir. “Agora eu presto muito mais atenção nos roteiros que me apresentam, tanto para atuar quanto para dirigir”, finalizou.

/Com informações da Associated Press

VEJA TAMBÉM: Os filhos mais fofos das personalidades.