'Ganhava três salários mínimos por dia', diz Silvio Santos sobre época em que vendia canetas

Redação - O Estado de S.Paulo

No 'Programa Silvio Santos' deste domingo, o apresentador relembra o início de sua trajetória profissional, quando era camelô

Silvio Santos recebe youtubers no 'Jogo das 3 Pistas'.

Silvio Santos recebe youtubers no 'Jogo das 3 Pistas'. Foto: Lourival Ribeiro/SBT/Divulgação

No Programa Silvio Santos deste domingo, 1º, o apresentador relembra momentos de sua trajetória profissional e fala como começou a ganhar dinheiro em sua juventude.

Durante o quadro Jogo das 3 Pistas, um dos convidados é Mateus Gonçalves, que criou um vídeo no YouTube contando a história do apresentador. Silvio assiste ao vídeo e comenta alguns trechos.

"Você me chamou de velho idiota, não sei por que. Idiota, eu concordo, mas velho eu não sou. Comecei vendendo carteirinhas para título de eleitor. Eu ganhava bem, mas depois fui vender canetas e ganhava três salários mínimos por dia. Caneta foi a melhor mercadoria: comprava 12 por R$ 160, vendia por R$ 240, ganhava R$ 80 em cada dúzia e vendia 12 dúzias por dia. Ganhava R$ 960, pagava R$ 200 pro farol e ficava com R$ 760", relembra Silvio.

"Eu fui para a rádio ganhar R$ 2 mil por mês, mas eu ganhava R$ 960 por dia! Você acha que eu ia ser bobo de ficar ganhando por mês o que eu ganhava em três dias? Não, então fiquei como camelô", disse Silvio.

Programa Silvio Santos vai ao ar no domingo, 1º, a partir das 20h no SBT.