‘Fui para o teatro só fazer mulheres feias’, diz Alexia Dechamps

Redação - O Estado de S.Paulo

Atriz afirma que procurou papéis que a afastassem o máximo possível da imagem que construiu em sua profissão anterior

Alexia Deschamps

Alexia Deschamps Foto: Instagram / @alexiadechamps

A ex-modelo Alexia Dechamps comentou como se deu a transição das passarelas para o palco do teatro. Ela disse que procurou interpretar papéis que exigem que ela se distancie do padrão de mulher bonita.

“Eu fui para o teatro só fazer mulheres feias e esquisitas, que fossem o oposto de mim, até para buscar uma outra coisa e dizer: ‘Olha, dá para fazer e o resultado é bom’”, falou em entrevista ao Programa do Porchat da última terça-feira, 13.

Alexia ficou conhecida por participar de diversas novelas da Globo na décadas de 1990 e 2000. Recentemente, participou do elenco de Verdades Secretas e do reality O Aprendiz: Celebridades.

Ela estava na atração acompanhada da também atriz e modelo Letícia Birkheuer, com quem contracena atualmente na peça Senhora dos Afogados. Letícia disse que há preconceito contra modelos que se voltam para o campo da atuação e lembrou de situações pelas quais passou no começo de sua carreira.

“As pessoas falavam ‘Mas ela não é modelo? E você vai chamá-la para fazer isso? Será que ela vai mandar bem?’. Até os diretores às vezes contam para a gente os comentários de outras pessoas”, disse.

Na peça Senhora dos Afogados, Letícia tem um papel masculino e faz o filho da personagem de Alexia e acredita que uma tarefa como essa é importante para valorizar o trabalho de modelos que se aventurem pelos palcos.

“É desconstruir essa coisa da mulher bonita, da mulher que de repente vai fazer um papel de bem sucedida, mulher rica, mulher bonita. Na nossa profissão a gente quer fazer trabalhos que nunca fizemos, explorar novos universos, mergulhar em outros lugares, isso que é o barato para a gente”.