Filho de Whindersson Nunes nasce prematuro: 'Que seja forte como a mãe e insistente como o pai'

Redação - O Estado de S.Paulo

Maria Lina deu à luz João Miguel, com 22 semanas de gestação

Whindersson Nunes e Maria Lina, que deu à luz João Miguel após 22 semanas de gestação

Whindersson Nunes e Maria Lina, que deu à luz João Miguel após 22 semanas de gestação Foto: Instagram/@whinderssonnunes

João Miguel, filho de Whindersson Nunes e de Maria Lina nasceu neste sábado, 29, após 22 semanas de gestação. Por ser prematuro, o bebê teve de ser encaminhado para a UTI neonatal de um hospital de São Paulo. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera parto prematuro aquele que ocorre antes de 37 semanas de gravidez.

O problema afeta 340 mil bebês todos os anos no Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

O humorista e a estudante de engenharia assumiram o relacionamento em outubro de 2020. Em março deste ano, divulgaram o sexo do bebê em um chá revelação.

Neste domingo, Whindersson usou o perfil no Instagram para publicar uma homenagem ao bebê. "Ontem eu conheci meu filho, e a primeira vez que encostei nele foi como se eu encostasse em um pedaço de Deus. A tanto tempo eu não me sentia vivo (sic). Ele, como diz no interior, é minha cara 'cagado e cuspido', até o pé é igual, mas ele é bem pequeninho porque veio um pouco antes do esperado", explicou na legenda da foto em que aparece apontando o dedo para a mãozinha do filho.

O humorista também falou sobre a garra da companheira na hora do parto. "A mãe dele foi uma leoa demais, e nessa hora a natureza me botou num lugar que eu nunca estive, parado, e sem poder fazer nada, onde eu não tinha controle de nada, só ver ela passar por tudo aquilo que nós ouvimos falar todos os dias mas só passando mesmo pra saber", declarou.

Ele agradeceu a noiva e concluiu: "Que ele seja forte como a mãe e insistente como o pai. Que quando disserem que ele nunca lutou por nada, vamos poder responder que só pela vida, e graças a Deus e a energia de quem quer nosso bem superaram tudo. Com amor, Maria e Whind (sic)".