Filha de Whitney Houston recorreu às drogas para lidar com a morte da mãe

- Bang Showbiz

Melhor amigo de Bobbi Kristina Brown revelou que a menina intensificou o uso de entorpecentes após perder a mãe

Nick Gordon revelou vício de Bobbi Kristina Brown em drogas

Nick Gordon revelou vício de Bobbi Kristina Brown em drogas Foto: Divulgação

Em entrevista ao programam The Dr. Phil Show, exibido na TV americana, o melhor amigo de Bobbi Kristina Brown, Nick Gordon, afirmou que ela recorreu às drogas para tentar lidar com a morte de sua mãe, a cantora Whitney Houston.

Segundo o rapaz, Bobbi era uma usuária de drogas "social" antes de Whitney se afogar em uma banheira em 2012 na sequência de um ataque cardíaco causado por anos de uso abusivo de cocaína.

Ele disse ao Dr. Phil que o uso de drogas "social" de Bobbi se tornou "muito ruim", e acrescentou: "É uma pena, mas no momento foi a única maneira que sabíamos como lidar com o que aconteceu".

Nick também criticou aqueles que o culpam pela morte de Whitney e Bobbi, de 22 anos, que faleceu em circunstâncias semelhantes, com três anos de diferença.

"Independentemente do que todos pensam, eu tornei os últimos anos de Krissy e Whitney na Terra tão felizes quanto eles poderiam ser. Eu dei a elas alguém em que pudessem confiar, conversar, estar lá, alguém genuíno", disse o rapaz.

Nick foi especialmente mordaz sobre o pai de Bobbi, Bobby Brown, afirmando: "[Bobby] prejudicou sua própria filha, não eu. Eu era o único lá para ela, enquanto ela estava lidando com a ausência dele. Ele não é uma pessoa razoável, por isso não estou pensando em falar com ele e realmente não quero."

Bobbi Kristina morreu em 2015, quase seis meses depois de ter sido encontrada inconsciente em sua banheira.

 

Leia também no E+:

Família de Umberto Magnani preparava festa de aniversário antes do ator sofrer um AVC

Rita Ora se defende de boatos sobre caso amoroso com marido de Beyoncé