Fãs de Blink-182 não reconhecem baixista da banda

Redação - O Estado de S.Paulo

Mark Hoppus foi falar com pessoas que usavam camisetas do grupo, mas elas o ignoraram

Mark Hoppus, baixista da banda Blink-182, conta que não foi reconhecido por fãs que usavam a camiseta da banda.

Mark Hoppus, baixista da banda Blink-182, conta que não foi reconhecido por fãs que usavam a camiseta da banda. Foto: Ethan Miller/Reuters

A vida de um artista pop não é nada fácil. Assédio dos fãs, fotógrafos a cada esquina e momentos compartilhados nas redes sociais. Mas com Mark Hoppus, baixista da banda Blink-182, foi diferente. Ele contou que foi falar com pessoas que usavam camisetas da banda, mas elas não o reconheceram.

 

Primeiro, ele estava em um momento introspectivo. "Agora em um museu cheio de antiguidades inestimáveis, sentado em um canto sozinho, jogando Pokemon Go", escreveu no Twitter.

Meia hora depois, ele relatou o ocorrido.

"Por duas vezes hoje, eu vi pessoas vestindo camisetas da Blink-182  e disse 'hey, camiseta legal!' e fui olhado como 'sim, tanto faz, seu lixo velho do espaço!' (em tradução livre)".

Depois, ele continua.

"O primeiro cara olhou para mim confuso, olhou para a camiseta dele e disse 'ah sim, eu vi um show deles na noite passada' e saiu andando'", relatou Hoppus.

Parece que o baixista não teve um dia muito bom.