Família real está magoada com decisão de Harry e Meghan, diz fonte

Michael Holden e Guy Faulconbridge - Reuters

A decisão do casal surpreendeu porque nem a rainha Elizabeth nem o príncipe Charles foram consultados sobre o anúncio de afastamento

Meghan Markle e príncipe Harry não consultaram a rainha Elizabeth nem o príncipe Charles sobre o anúncio de afastamento da família real.

Meghan Markle e príncipe Harry não consultaram a rainha Elizabeth nem o príncipe Charles sobre o anúncio de afastamento da família real. Foto: John Stillwell/Pool Photo via AP

A realeza britânica ficou magoada e desapontada com o repentino anúncio de que Meghan Markle e o príncipe Harry vão se afastar de suas funções como membros da família real e passar mais tempo nos Estados Unidos, disse uma fonte próxima à dinastia.

A decisão do casal surpreendeu a família real, uma vez que nem a rainha Elizabeth nem o príncipe Charles, herdeiro do trono, foram consultados sobre o anúncio de afastamento, que foi publicado no Instagram na quarta-feira, 8.

A monarca, que dedicou sua vida aos deveres públicos desde que se tornou rainha em 1952, e outros integrantes da realeza sentem-se magoados e desapontados com a atitude, afirmou a fonte.

"Escolhemos fazer uma transição neste ano, começando a desempenhar um novo papel progressivo dentro desta instituição", disseram Harry e Meghan em comunicado. "Pretendemos nos afastar como membros 'seniores' da família real e trabalhar para nos tornarmos financeiramente independentes", acrescentaram.

VEJA TAMBÉM: Momentos marcantes de príncipe Harry e Meghan Markle

Eddie Mulholland/Reuters
Ver Galeria 21

21 imagens

O casal alegou que a decisão foi tomada após meses de reflexão e discussão e que os dois dividirão o tempo entre o Reino Unido e os Estados Unidos para permitir que a família tenha o espaço de que precisa.

Nenhum membro senior da realeza comentou sobre a decisão. Tabloides britânicos alegaram que o anúncio enfureceu alguns dos parentes de Harry, como o pai Charles e o irmão, o príncipe William.

O Palácio de Buckingham informou que conversas com o casal estavam em um estágio inicial e que esse tipo de questão levaria tempo para ser trabalhada.