Fabio Porchat relembra saia-justa com ator do Kiko, de 'Chaves': 'Não gostou e foi embora'

Redação - O Estado de S.Paulo

Carlos Villagrán teria desistido de gravação em cima da hora: 'Não tô sentindo confiança no programa'

Fabio Porchat e Carlos Villagrán no 'Programa do Porchat' em 2016.

Fabio Porchat e Carlos Villagrán no 'Programa do Porchat' em 2016. Foto: Reprodução de 'Programa do Porchat' (2018) / Record TV

O apresentador Fabio Porchat revelou uma saia-justa que passou quando trouxe Carlos Villagrán, ator conhecido por ser o personagem Kiko, do seriado Chaves, para uma entrevista ao Programa do Porchat, em 2016.

Segundo contou ao Pânico nesta sexta-feira, 21, Villagrán teria ficado decepcionado com a receptividade que teve na Record, além de não gostar de uma esquete proposta por Porchat, que precisou correr até uma churrascaria para convencê-lo a voltar à emissora.

"Ele chegou na Record, uma moça da produção falou: 'Tudo bem, senhor? Podemos ir?'. Entrou no camarim e tinha lá um café, um sanduíche... Ele se incomodou um pouco com a falta de 'fogos de artifício'", contou o apresentador.

Porchat ressalta que Villagrán "tinha acabado de vir da Comic Con", onde tinha recebido uma recepção muito mais calorosa e barulhenta.

"Tinha criado um esquete pra ele que ele não tinha lido ainda. Eu ia fazer a dona Florinda e ele ia fazer o Kiko. Ia falar: 'Mamãe, mamãe, o que você faz quando vai com o professor Girafales tomar uma xícara de chá?". Não tinha nenhuma palavra chula, nada disso, mas tinha umas brincadeiras querendo dizer que mamãe e professor Girafales 'se divertem'".

VEJA TAMBÉM: 47 anos de Chaves: veja por onde andam os atores hoje em dia​

Reprodução de 'Chaves' | Twitter | Reprodução de 'Chaves' | Twitter
Ver Galeria 20

20 imagens

"Ele leu e não gostou. Eu não tava lá, e ele falou: 'Não tô sentindo confiança no programa, não quero tá aqui, tô indo embora'. Me ligou a produtora [falando]: 'O Kiko tá indo embora da Record, muito chateado e muito bravo'", prosseguiu Porchat.

Fabio conta que a produtora conseguiu fazer com que o mexicano almoçasse em uma churrascaria próxima à Record, e aconselhou-o: "Ele tá lá, vai lá agora!". "Fui direto com o diretor", relembrou Porchat.

Chegando lá, Villagrán estava desmotivado a participar da atração: "Fabio, não dá, não tem como. Perdi a confiança". Na sequência, Porchat se esforçou para convencê-lo a mudar de ideia.

"Calma, a gente é muito fã seu, a gente te adora, você é maravilhoso. O esquete a gente joga fora, não precisa fazer se você não gostou. Mas não tem nada demais, peguei e li com ele. Ele falou: 'Realmente, não tem nada demais. Mas eu não sei, não tô a vontade'."

"Aí ficamos numa p***tação de meia hora: 'Calma, você é um gênio, você é maravilhoso...'. E eu realmente sou muito fã do Kiko, assisti Chaves a vida toda", continuou Porchat.

VEJA TAMBÉM: Artistas que abandonaram entrevistas durante a gravação

Reprodução de 'Sem Censura' (2017) / TV Brasil
Ver Galeria 7

7 imagens

"'Então está bem, eu vou ao programa, estarei lá.'. Ele queria um pouco de confete, um pouco de que chegasse ali, fosse... Terminou de comer a chuleta e a gente foi no programa na tensão."

Apesar do imprevisto, o apresentador considera que a gravação foi um sucesso: "O programa foi ótimo, inclusive. Ele foi, fez brincadeira, se divertiu, gostou. Mas rolou uma saia-justa de 'não quero fazer porque não tem ninguém aqui'. Uma coisa meio assim." 

"Até falei pra minha produção depois. Ator é assim, quer uma cerimônia. Quando vier alguém de gabarito, bota um pão de metro", concluiu.

Confira a participação de Carlos Villagrán, o Kiko de Chaves, no Programa do Porchat: