Ezra Miller é preso no Havaí pela 2ª vez em menos de um mês

Rafael Nascimento - Especial para o Estadão

O ator teria acertado uma mulher de 26 anos na cabeça com uma cadeira

O ator Ezra Miller no 15º evento anual do CFDA/Vogue Fashion Fund, no Brooklyn Navy Yard, em Nova York, em novembro de 2018.

O ator Ezra Miller no 15º evento anual do CFDA/Vogue Fashion Fund, no Brooklyn Navy Yard, em Nova York, em novembro de 2018. Foto: Evan Agostini/Invision/AP

O ator Ezra Miller foi preso mais uma vez no Havaí. O astro da franquia Animais Fantásticos e protagonista do filme The Flash, com previsão de lançamento para 2023, foi detido nesta terça-feira, 19, por agressão em segundo grau.

Segundo a polícia local, Miller jogou uma cadeira em uma festa e acertou a testa de uma mulher. A polícia afirma que o astro ficou enfurecido após pedirem que ele se retirasse de uma reunião em uma casa na região de Pahoa.

A mulher de 26 anos atingida ficou com um corte na testa, mas recusou tratamento. Miller foi liberado e as autoridades ainda investigam o incidente.

 

 

Esta é a segunda vez que o artista é detido na região em menos de um mês. No final de março, Miller foi preso por conduta imprópria e liberado após pagar fiança de US$ 500.

Na época, em um publicação no Facebook, a Polícia do Havaí comunicou que: "Miller ficou nervoso quando clientes do bar começaram a cantar karaokê. Ele começou a gritar obscenidades e, em certo ponto, arrancou o microfone da mão de uma mulher de 23 anos que estava cantando. Depois, atacou um homem de 32 anos que estava jogando dardos. O dono do bar pediu a Miller que se acalmasse várias vezes, sem surtir efeito"

 

Após o primeiro episódio, o ator ainda foi acusado por um casal de roubo e ameça, tendo os moradores locais pedido uma ordem de restrição temporária contra o ator de 29 anos.

De acordo com a revista Rolling Stone, o artista pode ficar de fora de futuras produções da Warner Bros. A empresa teria realizado uma reunião com os executivos da DC para decidir o futuro do ator.