Ex-marido de Britney Spears é acusado de assédio por invadir o casamento da cantora

Agências - AFP

Jason Allen Alexander foi acusado de perseguição, além de delitos menores como invasão, vandalismo e assédio

Ex-marido de Britney Spears é acusado de assédio por invadir o casamento da cantora.

Ex-marido de Britney Spears é acusado de assédio por invadir o casamento da cantora. Foto: Eduardo Munoz/Reuters

LOS ANGELES, EUA - Um tribunal dos Estados Unidos acusou o ex-marido de Britney Spears de perseguição depois que ele tentou se infiltrar na cerimônia de casamento da cantora no sul da Califórnia. 

Britney e Sam Asghari se preparavam para se casar na quinta-feira em sua casa em Thousand Oaks, quando a cerimônia precisou ser interrompida pela chegada de Jason Allen Alexander, um amigo de infância com quem a artista de 40 anos casou em 2004.  A polícia precisou intervir na situação.

Segundo documentos do tribunal do condado de Ventura, Alexander foi acusado de perseguição, além de delitos menores como invasão, vandalismo e assédio. 

Na prisão, o homem de 40 anos e natural de Louisiana, participou do julgamento por videoconferência e se declarou não culpado. 

O juiz determinou que Alexander deve permanecer a mais de 100 metros de Britney, além de uma fiança de 100 mil dólares. A próxima audiência está prevista para quarta-feira. 

 

 

 

 

O advogadoda cantora, Mathew Rosengart, disse a jornalistas que estava "satisfeito" com a resposta das autoridades à invasão de Alexander.  "Este é um assunto sério, não se trata de um 'imprevisto de casamento', foi uma invasão como todos vimos", disse Rosengart na saída da audiência. 

Segundo o gabinete do xerife do condado de Ventura, Alexander também tem uma ordem de prisão por malversação e posse de bens roubados. 

Entre os convidados do casamento estavam celebridades como Madonna, Selena Gomez, Drew Barrymore, Paris Hilton e Donatella Versace, que desenhou o vestido de Spears. 

 

 

"Os contos de fadas são reais", publicou a princesa do pop no Instagram, junto a um vídeo dos preparativos no qual posava em uma carruagem decorada com rosas. 

Em novembro, um juiz de Los Angeles anulou a tutela que o pai da cantora exerceu sobre ela por 13 anos e que lhe permitia controlar seu patrimônio.

A artista afirmou que seu pai, Jamie Spears, a impediu de tirar um DIU anticonceptivo apesar de seu desejo de ter mais filhos, uma acusação que ele nega.