Escritor que acusou Kevin Spacey de assédio sexual comete suicídio

Agência - Ansa

Ex-genro do rei da Noruega Ari Behn foi encontrado morto aos 47 anos de idade

Escritor e ex-genro do rei da Noruega Ari Behn 

Escritor e ex-genro do rei da Noruega Ari Behn  Foto: Erlend Aas/ Sacanpix/ AFP

O escritor e ex-genro do rei da Noruega Ari Behn foi encontrado morto aos 47 anos de idade, informou a imprensa local nesta quinta-feira, 26. Ele cometeu suicídio nesta quarta, 25.

"Com grande tristeza em nossos corações, os mais próximos a Ari Behn anunciam que, hoje, ele tirou sua vida", afirmou o agente Geir Hakonsund.   

Autor de vários romances e peças teatrais, Ari Behn foi casado com a princesa Martha Louise entre 2002 e 2017, com quem teve três filhos.

Há dois anos, porém, seu nome ganhou as manchetes mundiais por relatos contra o ator americano Kevin Spacey, acusado de crimes sexuais. Segundo o escritor, Spacey teria o tocado de maneira inapropriada debaixo de uma mesa após um evento do Nobel da Paz.   

Em 2018, Ari Behn, que nasceu na Dinamarca e cresceu na Noruega, publicou seu último livro, Inferno, no qual relatava seus transtornos mentais.