'Era para pagar uma casa fiada', diz Popó sobre primeiro título mundial

redação - O Estado de S.Paulo

Conquista ocorreu quando ele tinha 22 anos, mas afirma que nunca preencheu seu ego

'Isso nunca preencheu meu ego', disse lutador sobre vencer campeonato mundial.

'Isso nunca preencheu meu ego', disse lutador sobre vencer campeonato mundial. Foto: RedeTV!/Divulgação

Em entrevista ao programa Sensacional, da RedeTV!, nesta quinta-feira, 24, o lutador Popó disse que a conquista do título de campeão mundial foi motivada pela necessidade de pagar uma casa.

Ao ser perguntado sobre como se sentiu ao vencer a competição, ele afirmou que não era para ostentar.

"Não era para ostentar 'o campeão', era para pagar uma casa fiada que eu tinha comprado para minha mãe também", disse.

"Isso nunca preencheu meu ego, porque não era uma coisa que eu queria ser famoso, que eu queria ser só o campeão, eu queria ser um exemplo de campeão", completou o boxeador.

Popó disse ainda que "só sei que sou campeão porque as pessoas falam, comentam, pedem autógrafo, foto, aquela coisa toda, mas sei que isso é passageiro".

Sobre o fim da carreira, o lutador disse que era algo necessário. "Atleta de esporte de luta tem um começo, um meio e um fim. Ou você deixa que o esporte termine com você ou você termina com o esporte, então foi melhor eu terminar com o esporte e parar bem, tendo saúde", afirmou.

Criado em uma família humilde, Popó começou a lutar aos 13 anos de idade e com 17 foi campeão brasileiro, sendo que o título mundial veio quando ele tinha 22 anos. Ele disse que o pai foi seu grande incentivador e que sua mãe apenas lhe deu permissão.

"Até hoje minha mãe nunca assistiu uma luta minha. Ela pode até ir para o ginásio, mas fica no vestiário, no banheiro, nunca assistiu pessoalmente", contou.

Assista à entrevista completa abaixo: