Em isolamento, Cid Moreira, 92 anos, faz apelo: ‘fiquem em casa’

João Pedro Malar - O Estado de S.Paulo

O jornalista falou sobre a importância da quarentena e reforçou que o novo coronavírus traz mais risco para idosos

Cid Moreira no acervo do Estadão.

Cid Moreira no acervo do Estadão. Foto: Tiago Queiroz / Estadão

O jornalista Cid Moreira, de 92 anos, está em isolamento em sua casa, devido à pandemia do novo coronavírus. Em um vídeo publicado na quinta-feira, 19, ele pediu para que as pessoas permaneçam em casa, para evitar o contágio.

“Eu sou um exemplo: 92 anos e tem que ficar aqui em casa, de quarentena”, diz ele no começo do vídeo. Um dia antes, em 18 de março, Cid fez outra publicação em que anunciou que entraria no isolamento, e passaria a trabalhar apenas pela internet.

No vídeo, o jornalista fez um apelo para que as pessoas não subestimem o novo coronavírus: “não saiam de casa, porque assim venceremos o inimigo o mais rápido possível. Muitas vidas estão em risco, principalmente as pessoas na minha faixa etária”.

  “Portanto, o meu conselho para todos vocês é: fiquem em casa”, conclui o vídeo. Dos casos confirmados na China até 16 de março, quase 15% dos pacientes com mais de 80 anos morreram. Além do isolamento, é importante também lavar as mãos frequentemente e evitar inclusive visitas de netos ou outros familiares.

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

 

Saiba quais artistas foram diagnosticados com o novo coronavírus

Mario Anzuoni / Reuters
Ver Galeria 47

47 imagens

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus