Em documentário da Netflix, Lady Gaga mostra como lida com dores crônicas

Redação - O Estado de S.Paulo

Em seu Twitter, a cantora revelou que tem fibromialgia, síndrome que causa dores pelo corpo e distúrbios de sono

Lady Gaga em coletiva de imprensa durante o lançamento de 'Gaga: Five Foot Two' no Festival Internacional de Cinema de Toronto, no Canadá.

Lady Gaga em coletiva de imprensa durante o lançamento de 'Gaga: Five Foot Two' no Festival Internacional de Cinema de Toronto, no Canadá. Foto: Chris Young/The Canadian Press via AP

No documentário Gaga: Five Foot Two, produzido e exibido pela Netflix, Lady Gaga abriu o jogo sobre sua saúde e mostra como lida com uma dor crônica há anos. Alguns dias após a estreia, a cantora revelou, em seu Twitter, que a dor é causada pela fibromialgia.

"Em nosso documentário, a doença crônica e dor crônica com a qual eu lido é fibromialgia. Eu espero ajudar a conscientizar e conectar pessoas que sofrem com isso", tuitou a cantora.

A fibromialgia é uma síndrome que causa dores no corpo inteiro durante longos períodos, tem causa desconhecida e é mais comum em mulheres do que homens. O tratamento é difícil e, geralmente, a condição vem acompanhada de outros sintomas, como insônia, depressão e ansiedade.

 

Essa foi a primeira vez que Gaga falou sobre a doença abertamente, mas já havia dito, nas redes sociais, que sofria de dores crônicas. Em agosto, ela publicou uma foto no Instagram em que aparecia sendo tratada por uma médica. "Tendo um dia frustrante com dor crônica, mas eu me sinto muito abençoada por ter médicas tão inteligentes e fortes", escreveu Gaga na legenda.