Elenco de 'Guardiões da Galáxia' se posiciona sobre demissão de James Gunn

Redação - O Estado de S.Paulo

'Ele cometeu erros, nós todos cometemos. Eu não estou bem com o que aconteceu com ele', disse Dave Bautista, que interpreta Drax

Disney, que controla a Marvel, demitiu James Gunn por tuítes ofensivos que ele fez há alguns anos. 

Disney, que controla a Marvel, demitiu James Gunn por tuítes ofensivos que ele fez há alguns anos.  Foto: Jordan Strauss/Invision/AP

Na sexta-feira, 20, o diretor de Guardiões da Galáxia, James Gunn, foi demitido pela Disney a empresa encontrar tuítes ofensivos que ele fez entre 2008 e 2011. Sua demissão gerou muita repercussão nas redes sociais e o elenco do filme se posicionou sobre o assunto.

No Twitter, Chris Pratt, que interpreta o Senhor das Estrelas, tuitou um versículo bíblico do livro de Tiago – que, em inglês, é chamado de James. "Portanto, meus amados irmãos, todo o homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar", tuitou ele.

Já Zoe Saldana, que vive Gamora, publicou em seu Twitter: "Foi um fim de semana desafiador, eu não vou mentir. Eu vou tirar uma pausa para digerir tudo antes de falar sobre isso. Eu apenas quero que todos saibam que eu amo todos os membros da minha família de Guardiões da Galáxia. E sempre amarei".

Dave Bautista, que interpreta Drax, o Destruidor,  defendeu Gunn. "Eu falarei mais depois, mas agora tudo o que eu tenho a dizer é que James Gunn é uma das pessoas mais amáveis, cuidadosas, de boa índole que eu já conheci. Ele é gentil e bom e se preocupa muito com as pessoas e com os animais. Ele cometeu erros. Nós todos cometemos. Eu não estou bem com o que está acontecendo com ele", disse.

Karen Gillan, a Nebula, foi singela: "Amor para todos os membros da minha família de Guardiões da Galáxia".