'Ele está na lista como uma honra negativa', diz Felipe Neto sobre Bolsonaro na 'Time'

Gabriela Marçal - O Estado de S.Paulo

Youtuber, que pela primeira vez está entre as cem pessoas mais influentes da revista, falou sobre presidente do Brasil ser selecionado para o ranking de 2020

Youtuber Felipe Neto entra para o ranking das cem pessoas mais influentes da revista ‘Time’ de 2020

Youtuber Felipe Neto entra para o ranking das cem pessoas mais influentes da revista ‘Time’ de 2020 Foto: Marcus Leoni

Felipe Neto e Jair Bolsonaro entraram na noite desta terça-feira, 22, para a lista das cem pessoas mais influentes da Time de 2020. É a primeira vez que o youtuber conquista um lugar no ranking da revista estadunidense, por outro lado é a segunda vez consecutiva que o presidente do Brasil está entre os selecionados.

O influenciador digital não perdeu a oportunidade de marcar sua oposição ao político. "O fato de Jair Bolsonaro também estar na lista não surpreende, muito pelo contrário. Como o pior presidente do mundo no enfrentamento à covid-19 e no combate às queimadas na Amazônia e no Pantanal, ele está na lista como uma honra negativa. Basta ler o texto associado à sua imagem para entender", falou Felipe ao Estadão.

"Isso só demonstra a importância do que significa 'influência'. Ser mais influente não significa, necessariamente, uma coisa boa. É o que você faz com essa influência que realmente irá determinar o seu legado", refletiu o youtuber.

Porém, Felipe Neto não deixou de comemorar o próprio feito. “Estar nessa lista é uma honra inenarrável. Não apenas pela conquista, mas também pela razão de estar ali. Foi um ano muito difícil, repleto de ameaças, perseguição e tentativas de destruição de reputação. Nós prevalecemos porque somos unidos, porque somos fortes e porque os fascistas não irão vencer."

artigo sobre Felipe publicado no site da revista foi escrito pelo deputado federal David Miranda. "O influenciador digital de maior importância no Brasil, possivelmente no mundo", escreveu o político eleito pelo Rio de Janeiro. A edição impressa TIME100 deste ano chegará às bancas na sexta-feira, 25.

O youtuber vem enfrentando ataques desde que começou a se posicionar politicamente e contra o governo de Bolsonaro. Felipe Neto foi alvo, em julho, de um boato mentiroso que o associava a pedofilia. Em agosto, o youtuber aceitou o convite do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para participar de uma reunião sobre o projeto de lei das fakes news.

Esta não é a primeira vez que o youtuber brasileiro se torna notícia internacional. Em julho, o jornal The New York Times publicou um vídeo no qual Felipe faz críticas ao presidente dos Estados Unidos Donald Trump e ao do Brasil, Jair Bolsonaro.

Aliás, na edição do ano passado Jair Bolsonaro também estava entre as cem pessoas mais influentes do mundo da revista Time. O presidente do Brasil foi descrito pela publicação na época como "um personagem complexo", que representa uma ruptura com uma década de corrupção, mas que também é "um garoto propaganda da masculinidade tóxica".

Confira a lista completa das cem pessoas mais influentes da revista Time.