Elba Ramalho comemora seus 70 anos e recebe homenagens

Redação - O Estado de S.Paulo

A cantora é um dos principais nomes da MPB e lançou vários hits nos últimos 40 anos

A cantora Elba Ramalho

A cantora Elba Ramalho Foto: Instagram@elbaramalho

A cantora Elba Ramalho comemora seus 70 anos nesta terça-feira, 17. A grande artista da MPB, dona de vários hits dos últimos 40 anos, comemorou a data nas redes sociais e recebeu o carinho de fãs e amigos. 

“Não achava que chegaria tão longe, mas agora que cheguei quero subir mais e mais até alcançar as estrelas”, escreveu Elba. “Sou só gratidão a Deus por tudo que me concede nessa vida, uma bela e desafiadora experiência. Família, amigos, parceiros, fãs…. Obrigada por tanto carinho”.

Nos cometários, muito carinho para a aniversariante. Letícia Sabatella comemorou: “Te assistindo vc agora! Parabéns”. "Maravilhosa e abençoada", disse Fafá de Belém. "Minha amiga querida, que Deus te abençoe. Você é uma pessoa especial, iluminada e gente fina. Tenho o maior orgulho de ser seu fã e amigo! Parabéns.", dedicou Luiz Caldas. “Meus parabéns porque você é linda, porque você é guerreira, porque você é uma artista exemplar e que nos inspira. Deus te conceda mais saúde e te proteja. Te amo”, escreveu Eliane do Forró

A cantora postou também um vídeo sobre a história de O Grande Encontro, projeto que juntou grandes sucessos do forró em uma parceria com Alceu Valença, Geraldo Azevedo e Zé Ramalho. O primeiro álbum foi gravado ao vivo em julho de 1996 no Canecão, no Rio de Janeiro, considerado um dos melhores discos da música brasileira. Posteriormente foram lançados mais três álbuns: o volume 2 (1997), o volume 3 (2000) e os 20 anos (2016). 

Sucessos nas novelas

Elba Ramalho emplacou hits nas novelas que marcaram época. Em Roque Santeiro (1985), o tema que embalou a volta do protagonista vivido por José Wilker à cidade de Asa Branca foi De Volta pro Aconchego. A canção de Imaculada, em Tieta (1989), foi o tema homônimo na voz da cantora. 

Em Rainha da Sucata (1990), a lambada estava no auge e a personagem Adriana, de Claudia Raia, ganhou a canção Ouro Preto. Em Vamp (1991), foi a vez de Felicidade Urgente. A romântica O que a Noite Faz esteve em Pedra sobre Pedra (1992), seguida pelo sucesso Eu Quero Meu Amor, em Renascer (1993). 

O hit Coração da Gente ganhou as telas em Tropicaliente (1994). Elba gravou a música Noturna especialmente para Explode Coração (1995), e no ano seguinte Salsa e Merengue (1996) tinha Sim, foi Você na trilha sonora. Em 1997 foram duas canções para novelas: Ciranda da Rosa Vermelha embalou o amor de Emanoel e Grampola em A Indomada, e a cantora entoou Paralelas em Por Amor

Em Páginas da Vida (2006), Elba gravou Amplidão especialmente para a protagonista Helena. A canção Todo Sentimento de Chico Buarque foi ao ar na voz da cantora em A Vida da Gente (2011), reprisada recentemente.