‘Ela acordou e fez palhaçada com as enfermeiras’, diz amiga sobre Claudia Rodrigues

Redação - O Estado de S.Paulo

Atriz, que tem esclerose múltipla, está internada desde sábado no hospital Albert Einstein, em São Paulo

Claudia Rodrigues

Claudia Rodrigues Foto: Gianne Carvalho / Globo / Divulgação

“Eu não disse que Claudinha ia voltar para nós? Tem que ter fé e acreditar!”, escreveu Adriane Bonato, nas redes sociais nesta quinta-feira, 28, comemorando a melhora no estado de saúde da amiga. A empresária acompanha a situação de Claudia Rodrigues de perto desde o início. A atriz enfrenta as consequências da esclerose múltipla desde 2006.

“Hoje ela acordou muito bem e animada, começou a fazer palhaçadas com as enfermeiras, está se mexendo bem, só não anda. Comeu bem ontem, almoçou e jantou e hoje pediu para comer um espaguete à bolonhesa. Mas ainda está na UTI”, informou a amiga.

Um dia antes, Adriane Bonato foi internada após passar mal na madrugada. Ela sentiu fortes dores no peito e teve oscilações de pressão, precisando ficar em observação e passar por exames, portanto, afastando-se de Claudia.

“Quanto a mim, na madrugada de anteontem fui internada aqui no hospital com suspeita de infarte, pois tive fortes dores no peito. Fiz vários exames (eletrocardiograma, ecocardiograma, ultrassom, hemograma completo), depois fui medicada e fiquei em observação o dia todo. A noite, quando estava melhor, me liberaram para voltar para a UTI cuidar da Claudinha”, escreveu Adriane Bonato no Instagram. A empresária informou que sofre com Síndrome de Burnout.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Queridos fãs, amigos, familiares e a todos da imprensa, primeiramente quero agradecer todas as manifestações de carinho e orações que eu e a Claudinha Rodrigues estamos recebendo de todos vcs. GRATIDÃO ETERNA! Hoje, ela acordou muito bem e animada, começou a fazer palhaçadas com as enfermeiras, está se mexendo bem, só ainda não anda. Comeu bem ontem, almoçou e jantou e hoje pediu para comer um espaguete à bolonhesa. Mas ainda está na UTI! Quanto a mim, na madrugada de anteontem fui internada aqui no hospital, com suspeita de infarto, pois tive fortes dores no peito, minha pressão que é 9x5 normalmente, foi a 13x10 e despencou para 6x2. Fiz vários exames, (eletrocardiograma, ecocardiograma, ultrasom, hemograma completo), depois fui medicada e fiquei em observação o dia todo, a noite quando estava melhor, me liberaram, para voltar para UTI cuidar da Claudinha. Acho que o que aconteceu está relacionado a síndrome de Bournot. No tempo que fiquei internada, a Amanda, uma amiga que trabalha na hospitalidade do EISTEIN, ficou com ela. Por isso venho pedir que continuem orando por mim e pela recuperação dela, para que volte a andar e saia da UTI o mais breve possível. O segredo é por nas mãos de Deus, ter fé e orar, aí a graça vêm! Eu não disse que a Claudinha ia voltar pra nós? Tem que ter fé e acreditar! ELA VOLTOUUUUUUUUUUU!!! Será que tem alguém AINDA que não acredita que Deus existe e faz milagres na vida das pessoas? ELA É UM MILAGRE DE DEUS!

Uma publicação compartilhada por Adriane Bonato Oficial (@adriane_bonato_oficial) em

 

A esclerose múltipla, doença que atinge Claudia Rodrigues, tem sintomas pouco conhecidos. Fadiga crônica e perda dos movimentos são alguns dos sinais da doença. 

A esclerose múltipla afeta 2,5 milhões de pessoas em todo o planeta, de acordo com informações da Organização Mundial da Saúde. Só no Brasil, 30 mil apresentam sintomas da doença.