Ed Sheeran conta como música lhe fez superar vício: 'Não posso trabalhar sob o uso de drogas'

Redação - O Estado de S. Paulo

Cantor ainda ressaltou o papel de sua namorada durante momento difícil

O cantor Ed Sheeran

O cantor Ed Sheeran Foto: Andrew Kelly / Reuters

O cantor Ed Sheeran, de 26 anos, falou sobre seu vício em drogas na edição do programa Jonathan Ross Show, do canal britânico ITV, que vai ao ar no próximo sábado, 21, de acordo com a revista People.

Sheeran falou sobre como a fama rapidamente conquistada afetou negativamente sua vida, afirmando que demorou a se ajustar à indústria. “Você precisa, quando chega à indústria, se ajustar a ela — e eu não me ajustei pois estava constantemente trabalhando em turnê”, disse.

“E todas as armadilhas sobre as quais as pessoas leem, eu me vi caindo nelas. Mais frequentemente, abuso de substâncias”, contou Sheeran. O artista, atualmente em turnê para promover seu último álbum, Divide, revelou também que a música e sua namorada, Cherry Seaborn, de 24 anos, o ajudaram a sair da má situação na carreira. 

“Foquei no trabalho. Não posso trabalhar sob o uso [de drogas], não posso escrever músicas sob o uso, não faço show sob o uso — então quanto mais eu trabalhasse menos [acontecia]”, revelou o cantor.

Sobre Cherry, ele afirmou que, estando com 25 anos e no meio da indústria musical à época em que iniciaram o relacionamento, ela foi peça-chave para seu equilíbrio. “Vivemos juntos agora, e acho que foi uma grande ajuda para me sustentar”, disse.

Veja também: os artistas que superaram os vícios em drogas e álcool