Devido a enjoos, Tatá Werneck adia exame para saber sexo do bebê

Redação - O Estado de S.Paulo

Apresentadora revelou que sofre de hiperêmese gravídica e, por isso, passa mal constantemente

A atriz e apresentadora Tatá Werneck.

A atriz e apresentadora Tatá Werneck. Foto: João Cotta/Globo

Tatá Werneck estava prestes a saber o sexo do bebê que está gerando, mas os enjoos constantes a impediram de realizar o teste. A apresentadora contou, na noite desta segunda-feira, 25, que faria um exame de sangue para isso.

"Acho fofo Rafa que gruda a cara na minha barriga e faz declarações. Eu normalmente com o pequeno Clovis faço fofocas, combino coisas práticas de serviços de detetive que vou precisar dele e leio o jornal", escreveu ela no Twitter. Na mensagem, uma internauta perguntou se o bebê era menino mesmo, algo que Tatá já sabe por intuição.

"Não sei ainda. Ia fazer o exame hoje mas passei mal. Vou tentar fazer amanhã, aí demora sei lá quanto tempo. Mas desde já tô cag*** com a agulha", respondeu a apresentadora.

Outra pessoa tentou tranquilizar Tatá e disse que ultrassom para saber o sexo do bebê não precisa de agulha. "Mas o exame para saber o sexo antes das sei lá quantas semanas é de sangue", informou ela.

Nesta segunda-feira, Tatá Werneck revelou que sofre de hiperêmese gravídica, mesma condição que afetou Kate Middleton durante as três gestações da duquesa de Cambridge. O quadro é caracterizado por náuseas e vômitos constantes, independente de a mulher ter se alimentado ou não.