'Deus vai vir com a cura', diz Mr. Catra sobre câncer no estômago

Redação - O Estado de S.Paulo

Em entrevista, o cantor culpou o álcool e as noites de sono perdidas pelo desenvolvimento da doença

Em entrevista para o programa 'SuperPop', Mr. Catra culpou os excessos no álcool como a causa para seu câncer no estômago

Em entrevista para o programa 'SuperPop', Mr. Catra culpou os excessos no álcool como a causa para seu câncer no estômago Foto: Tasso Marcelo/Estadão

Em participação no programa SuperPop, da RedeTV!, nesta segunda-feira, 23, o cantor Mr. Catra conversou com a apresentadora Luciana Gimenez sobre o tratamento do câncer que ele descobriu no estômago há mais de um ano e a decisão de não contar imediatamente para o público que estava doente.

"Foi tudo muito rápido, apesar de já ter passado um ano. Demorei para contar por que a certeza que estava tudo bem eu já tinha, mas estava sem disposição por causa da quimioterapia. Sou um cara que trago alegria, é muito triste vir trazer essas ideias", desabafou o cantor. "Decidi que, quando melhorasse, ia falar tudo ao público. Quando vi esperança, que tinha salvação, falei: 'vamos abrir a boca e dizer estou enfermo, mas está tudo bem'", continuou Catra, que já perdeu 35 quilos por conta das restrições alimentares em decorrência do câncer.

"A colheita é conforme a plantação, não tem jeito. Não foi Deus que deu essa enfermidade, a culpa é minha. Foi álcool, noites de sonos perdidas é o pior veneno de todos. Eu descansava, não dormia. Agora as coisas estão retomando os eixos. Do mesmo jeito que contraí esse câncer, Deus vai vir com a cura", disse, respondendo pergunta da apresentadora sobre os motivos que o levaram a desenvolver a doença.

Veja a entrevista que Mr. Catra deu para o programa SuperPop clicando no link.