Depois de 4 anos do AVC de Arlindo Cruz, família compartilha homenagem ao cantor

Bárbara Correa* - O Estado de S.Paulo

Babi Cruz, esposa do sambista, escreveu: '4 anos de muita dor e dúvidas, mas a única certeza é que ele vai ficar melhor'

Nesta quarta-feira, 17, faz quatro anos que o cantor Arlindo Cruz teve um AVC

Nesta quarta-feira, 17, faz quatro anos que o cantor Arlindo Cruz teve um AVC Foto: Instagram / @babicruz10

Nesta quarta-feira, 17, faz quatro anos que Arlindo Cruz teve um AVC. O filho do sambista, Arlindinho, relembrou a data e compartilhou uma homenagem para o pai nas redes sociais. 

Em uma selfie ao lado do cantor, ele postou um texto falando sobre a data e afirmou ter sido o dia mais difícil de sua vida. Arlindinho também aproveitou para agradecer o apoio e carinho que estão recebendo ao longo desses anos. 

"Quatro anos atrás, no dia 17/03, estava eu passando a vocês a notícia mais triste de toda a minha vida. O comunicado de AVC hemorrágico do meu pai. Quero vir aqui, quatro anos após, agradecer a cada reza, mensagem, ajuda, energia positiva e oportunidade", escreveu. 

"Espero que ele possa se vacinar o quanto antes, para que eu possa voltar a ter contato e o tratamento volte a ser feito de forma completa. Na fé teremos ainda mais melhoras! Te amo", declarou o filho de Arlindo Cruz. 

A esposa do sambista, Babi Cruz, também publicou um vídeo em homenagem ao marido. "Hoje, eu confesso que estou um trapo. Estou em pedacinhos e caquinhos, porque a reflexão é muito grande. Foram momentos de muito desespero, muita agonia e dor. Mas vim agradecer a todos pelo carinho e pela força". 

"Antigamente a gente tinha a prevenção de pensar 'não sei o que será de amanhã'. Hoje, eu afirmo que não sei o que será daqui a pouco, porque foi assim: ele entrou para tomar um banho, bem, cantando e teve o AVC (...) não tem algo que pudesse prever. São quatro anos de muita dor e dúvidas, mas a única certeza que eu tenho é que não vou desistir e que ele está bem e vai ficar melhor", disse ela. 

Em março de 2017, o sambista sofreu um acidente vascular cerebral hemorrágico e teve de ser transferido às pressas para hospital no Rio de Janeiro. No ano seguinte, o cantor voltou a mexer parte da boca e, desde maio de 2019 , Arlindo Cruz respira sem a ajuda de aparelho. 

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais