Demi Lovato é processada por violação de direitos autorais

Bang Showbiz - O Estado de S.Paulo

Ação é movida pela dupla Sleigh Bells, contra seu hit 'Stars'

.

. Foto: Bang Showbiz

A cantora Demi Lovato está sendo alvo de uma ação judicial movida pela dupla Sleigh Bells, que alega que a música Stars da cantora contém semelhanças que "transcendem o domínio da coincidência" com uma de suas canções, chamada Infinity Guitars.

A UMG Recording, assim como seus produtores Carl Falk e Rami Yacoub estão junto da cantora nesta dor-de-cabeça.

De acordo com o Entertainment Tonight, quando as músicas são comparadas, é possível perceber uma combinação de batidas de palmas e bumbos, estruturadas em três batidas e um descanso, com o bumbo proporcionando um contra-ritmo às palmas, o que torna as obras substancialmente semelhantes.

"Nós não utilizamos quaisquer samples na música de Demi Lovato, Stars. Demi também não esteve envolvida com a produção. Ela apenas escreveu a linha de cima", afirmaram os produtores em comunicado.

O Seligh Bells já havia se expressado por meio de sua conta no Twitter: "Demi Lovato nos lisonjeou. Usou trechos de Infinity Guitars e Riot Rhythm para Stars, mas nós não fomos contatados. Precisamos esclarecer isso".

Outro que passou por um problema semelhante recentemente foi o cantor Ed Sheeran, processado por supostamente ter copiado a canção Let's Get It On de Marvin Gaye.

A família do músico Ed Townsend, co-autor da canção de Gaye, datada de 1973, entrou com um processo por violação de direitos autorais, alegando que as músicas eram impressionantemente semelhantes.