Confira 10 dos maiores momentos de Pabllo Vittar em 2017

Rubens Anater - Especial para o Estado de S. Paulo

A cantora completa 23 anos, veja o que marcou este ano na vida da drag queen mais pop do Brasil

A cantora Pabllo Vittar

A cantora Pabllo Vittar Foto: Instagram/@pabllovittar

Nesta quarta-feira, 1º, Pabllo Vittar está de aniversário. A cantora que alcançou fama internacional como ícone drag queen e símbolo de resistência LGBT completa seus 23 anos com muito para comemorar.

Foi um ano movimentado, em que Pabllo ganhou mais espaço na mídia, incomodou os preconceituosos e se consolidou como um dos maiores fenômenos do pop brasileiro de 2017.

A cantora foi um furacão no Rock in Rio, apareceu em novela e em programas de TV, participou de um clipe com Anitta – outro fenômeno pop do País – e estourou nas redes sociais. Confira 10 dos grandes momentos de Pabllo neste ano.

 

O clipe de K.O. é um nocaute

Em 19 de abril, Pabllo Vittar lançou seu clipe para a música K.O. E foi um nocaute. No fechamento desta reportagem, o vídeo somava 219 milhões de visualizações no YouTube. Em agosto, hackers invadiram o canal da cantora, excluíram o original e postaram conteúdo ofensivo e preconceituoso. A invasão revoltou as redes e a hashtag #TodosComPabloVittar chegou ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter. O canal foi recuperado no mesmo dia e o vídeo voltou à plataforma, sem alteração na contagem de visualizações. Em seu Twitter, a cantora declarou que o ataque foi um ato de ódio. “LGBTfobia existe sim!”, escreveu.

 

Drag mais influente do mundo

Em junho, Pabllo superou a americana RuPaul em número de seguidores e se tornou a drag queen mais popular do Instagram, com cerca de 4,6 milhões de seguidores à época. Depois disso, em outubro, ela estreou no ranking Social 50, a lista da Billboard que indica os 50 artistas mais influentes do mundo nas redes sociais.

À época, a cantora ficou na 44ª posição, superando os cantores ingleses Harry Styles (45º) e Ed Sheeran (46º). Nesta semana, Pabllo não apareceu na lista, que é encabeçada pelo grupo sul-coreano BTS.

 

'A drag queen mais seguida [nas redes] no mundo é brasileira', disse Pabllo ao jornal. 'E ainda assim temos esses problemas aqui.'

'A drag queen mais seguida [nas redes] no mundo é brasileira', disse Pabllo ao jornal. 'E ainda assim temos esses problemas aqui.' Foto: Dado Galdieri/The New York Times

 

Parceria com Anitta viraliza

Junto com Anitta e o grupo estadunidense Major Lazer, Pabllo lançou o clipe de Sua Cara em 31 de julho. A gravação viralizou. Em menos de 24 horas, o vídeo teve pouco mais de 17 milhões de visualizações no YouTube, o que o colocou no ranking dos vídeos mais vistos em suas primeiras 24 horas.

 

Contrato com a Sony

Dia 9 de agosto, a cantora assinou contrato com a gravadora Sony, prevendo a produção de dois álbuns. O primeiro deve ser lançado em 2018. No dia 28 de agosto, a Sony também publicou um post no Facebook em que repudiou o ataque virtual que a cantora sofreu em seu canal do YouTube. Alguns comentários na postagem foram negativos, mas os responsáveis pela gravadora os responderam, usando de ironia para tentar desqualificá-los.

 

Lucas Lucco e Pabllo Vittar se encontraram em estúdio

Lucas Lucco e Pabllo Vittar se encontraram em estúdio Foto: Instagram/@lucaslucco

 

Parcerias com Lucas Lucco e Preta Gil

Depois de trocas de comentários no Instagram, em que o cantor sertanejo Lucas Lucco escreveu que gostaria de fazer uma parceria com Pabllo, os dois se encontraram em estúdio no dia 30 de agosto para gravar a música Paraíso. Foi a terceira parceria de Pabllo em poucos meses. Em junho, ela lançou Sua Cara, com Anitta e Major Lazer, e também em agosto cantou ao lado de Preta Gil na música Decote.

 

Parceria com o Ministério da Saúde

No dia 6 de setembro, Pabllo lançou o clipe de Corpo Sensual. O vídeo foi para além da arte e abraçou também a causa da saúde pública. A cantora fez uma parceria com o Ministério da Saúde para promover o uso de preservativos em uma das cenas. Em um momento em que deixa implícito que fará sexo com o convidado especial, Matheus Carrilho, da Banda Uó, Pabllo segura uma camisinha, para destacar a importância da prevenção.

O clipe gerou polêmica nas redes sociais. Diversos internautas questionaram porque a cantora precisaria de camisinha se não pode engravidar. Por Twitter, Pabllo respondeu, escancarando a ignorância dos comentários: “camisinha não é usada só pra prevenir gravidez não queridos, existem as DSTs também! Protejam-se vittarlovers”.

 

 A cantora Pablo Vittar se apresentou no festival Rock in Rio

 A cantora Pablo Vittar se apresentou no festival Rock in Rio Foto: Fábio Motta/Estadão

 

Furacão no Rock in Rio

Era fim de tarde da sexta-feira, dia 15 de setembro, quando Pabllo Vittar apareceu em cima do Arena Itaú, um dos palcos alternativos do Rock in Rio. Foi uma correria. Uma multidão efervescente se reuniu nesse cantinho da nova Cidade do Rock e recebeu a cantora com gritos de “maravilhosa” e “pisa menos”. Pabllo voltou ainda aos palcos da Cidade do Rock na noite de sábado, dia 16, como convidada especial da americana Fergie.

 

Destaque do Spotify

No final de setembro, três das músicas mais ouvidas do Brasil no Spotify eram dela. Sua Cara era a campeã absoluta, seguida por K.O. Corpo Sensual aparecia em 5º lugar. Pabllo foi a primeira artista brasileira a conquistar esse feito. As outras mais tocadas da época eram Fazer Falta, do MC Livinho, em terceiro lugar, seguida por Deixe-me Ir, do grupo 1Kilo em parceria com Baviera, Pablo Martins e Knust.

 

Falando em Pabllo Vittar, a cantora também participou de um capítulo da trama de Gloria Perez. 

Falando em Pabllo Vittar, a cantora também participou de um capítulo da trama de Gloria Perez.  Foto: Instagram / @pabllovittar

 

A Força do Querer

No dia 5 de outubro, a novela A Força do Querer teve cena com Pabllo Vittar cantando seu hit Corpo Sensual com Elis Miranda, personagem vivida pelo ator Silvero Pereira. A cantora ocupou espaço em um dos programas mais vistos pelos brasileiros e várias pessoas manifestaram-se a favor dessa quebra das barreiras do preconceito. Pabllo participou também do programa Encontro com Fátima Bernardes, no dia 9 de agosto. Na ocasião, explicou a razão de usar nome artístico masculino.

 

Ícone para mídia internacional

Em outubro, Pabllo apareceu em reportagem do jornal americano The New York Times, que falou sobre a importância da novela A Força do Querer para transgêneros. O periódico entrevistou a cantora, e a chamou de “amado ícone entre muitos brasileiros e um símbolo de fluidez de gênero”.

Pabllo ainda foi matéria no jornal britânico The Guardian, que diz: “Em um país onde 343 pessoas LGBT foram mortas em 2016, cantora e drag queen abertamente gay, Pabllo Vittar, se tornou símbolo de resistência”.