'Colonizar Marte é importante, mas não é o fim', diz diretor de 'Han Solo'

Redação - O Estado de S.Paulo

Ron Howard ressaltou que ideia de viver em Marte não deve mais ser vista 'apenas como uma grande história de aventura'

Cineasta Ron Howard no Festival de Cannes, na França.

Cineasta Ron Howard no Festival de Cannes, na França. Foto: REUTERS/Eric Gaillard

Ron Howard, diretor do filme Han Solo: Uma História Star Wars, falou a respeito da possibilidade de os seres humanos 'colonizarem' o planeta Marte em entrevista ao site Sky News na quinta-feira, 8. "Colonizar Marte, para qualquer um dos grandes pensadores, é importante, mas não é o fim".

“Seria um passo muito importante para encontrar planetas que sejam mais hospitaleiros, para a exploração do espaço profundo de Star Trek, que realmente poderia fornecer um planeta muito mais amigável e fácil para os seres humanos se adaptarem”, afirmou.

Howard é produtor executivo da série documental Mars, lançada em 2016 e que mescla entrevistas reais com a história fictícia de um grupo de astronautas que desembarca no planeta vermelho. Segundo o cineasta, o tema desperta o interesse do público porque seres humanos são “exploradores por natureza”. A segunda temporada da série estreia no próximo domingo, dia 11 de novembro.