Clarice Falcão desabafa: 'Não somos ex-mulher de não-sei-quem'

Redação - O Estado de S.Paulo

A cantora relata que o machismo 'diminui' suas conquistas pessoais e sempre a associa com o ex, Gregório Duvivier

Em post no Facebook, a cantora Clarice Falcão fez desabafo contra o machismo: 'Não somos ex-mulher de não-sei-quem' 

Em post no Facebook, a cantora Clarice Falcão fez desabafo contra o machismo: 'Não somos ex-mulher de não-sei-quem'  Foto: Rafael Arbex / Estadão

Em post no Facebook no domingo, 9, a cantora e atriz Clarice Falcão fez desabafo sobre os rótulos que recebe. Ela começou o relato falando que muitas vezes é lembrada somente pelo fato de ter sido casada com o ator Gregório Duvivier. “Desde então, eu fiz muitas coisas além de casar. Fiz dois álbuns de estúdio. Fui indicada ao Grammy latino. Rodei o Brasil com duas turnês. Fiz shows lotados.”, disse a cantora no post. “Mas, pode procurar nos jornais, nas revistas e na internet, esses fatos todos têm um denominador comum: um dia eu casei com um cara”, escreveu.

Ela também desabafou sobre ser chamada de manic pixie dream girl, um estereótipo comum usado nos cinemas para designar mulheres que servem unicamente como catalisador para um salto na vida do protagonista em um filme Elas costumam ser a 'mulher perfeita', quase como um amigo, que tem os mesmos gostos de seu parceiro e sempre está disposta a fazer as vontades dele. “Acho importantíssimo acabarmos com a representação da manic pixie dream girl no cinema. É um papel que muita atriz já teve que fazer (eu inclusive) e queremos mais do que isso. Queremos protagonistas complexas ou heroínas com sangue nos olhos ou uma mulher normal que vive uma vida normal pra gente assistir e pensar 'eita, olha eu'."

Veja abaixo o post completo que Clarice fez no Facebook: